terça-feira, junho 18, 2024

Xande de Pilares canta Caetano Veloso

O cantor, compositor e instrumentista Xande de Pilares lançou o álbum “Xande Canta Caetano”. Disponível em todas as plataformas digitais, o projeto é uma homenagem ao músico e compositor Caetano Veloso, trazendo dez faixas de que reverenciam a genialidade do ícone da música brasileira. O álbum “Xande Canta Caetano”, leva o prêmio “Lançamento” e Xande de Pilares arremata também o prêmio de “Interprete”, ambos na categoria Samba, da 31ª edição do Prêmio da Música Brasileira – PMB 2024

.
Neste trabalho especial, Xande de Pilares mergulha de forma intensa no universo musical de Caetano Veloso, revisitando algumas de suas canções mais icônicas e revelando seu talento singular em emocionantes interpretações. Dentre as faixas selecionadas, “Tigresa” é especialmente destacada pelo artista, que compartilha a surpresa e alegria de ter conseguido imprimir sua própria identidade na música. Para ele, a versão de se tornou um momento ímpar no processo criativo.

Ao longo da execução do projeto, Xande não esconde a emoção de homenagear Caetano Veloso, com quem compartilha uma conexão profunda e significativa. Cada faixa do álbum traz consigo histórias e memórias pessoais, resgatando momentos que marcaram a vida do sambista. O processo de seleção das músicas foi conduzido com liberdade artística, permitindo que Xande transmitisse a essência do seu eu verdadeiro, Alexandre, para o público, em vez de se limitar apenas à persona artística.
.
O artista ainda fez questão de detalhar muitas etapas marcantes do processo de gravação: “Não teve um dia durante toda a execução do projeto que eu não tenha lembrado do meu avô que sempre me ensinou a importância de cantar de tudo e não apenas aquilo que eu gosto. Não consigo escolher uma faixa favorita, porque todas carregam uma história e um motivo para estarem ali. Tivemos uma liberdade muito grande em conduzir esse projeto e de escolher cada música que entraria. Quem escutá-lo vai conhecer o Alexandre e não o Xande”.
.
O artista continua: “Por exemplo, ‘Gente’ tem até uma história que arrepio só de lembrar: quando terminei de gravar no estúdio, estava emocionado, mas me contendo. Vi que o Caetano e a Paula tinham chegado e estavam do lado de fora. Para mim, estavam limpando o rosto, porém, ao sair da gravação, eles estavam em lágrimas. Pronto, desabei junto”, ressalta o artista.

Para finalizar, Xande ainda conta sobre composições de Caetano que fizeram sucesso em outras vozes, mas que não podiam ficar de fora: “Outra que me emociono e seria impossível não colocar neste álbum é ‘Muito Romântico’. Eu cresci amando Roberto Carlos, que cantava essa música. Mas na época, nem sabia que não era dele e sim de Caetano. Outra canção que quero destacar é ‘O Amor’, que reina na voz da nossa brilhante Gal Costa. É uma música muito difícil de cantar, porque tem muitos altos e baixos. No entanto, consegui regravá-la sem destoar e o resultado ficou lindo. Mal espero para o mundo todo poder ouvir as dez faixas que gravamos. Tá uma coisa linda!”, conclui.
.
O álbum é uma realização da Uns Produções, com produção a cargo de Paula Lavigne. A direção musical e arranjos foram assinados por Pretinho da Serrinha, e a produção executiva foi de Brisa Torres. As gravações ocorreram nos Estúdios Lavigne (RJ), com mixagem no Estúdio Casa do Igor (RJ) e recall da mixagem no Cia dos Técnicos Studios – Estúdio 2 (RJ). A masterização foi realizada no Estúdio Aura (Petrópolis/RJ).

revistaprosaversoearte.com - Xande de Pilares canta Caetano Veloso
Capa do álbum ‘Xande Canta Caetano’ • Xande de Pilares • Selo Gold Records Uns Produções • Distribuição ONErpm • 2023 – foto ©Fernando Young

DISCO ‘XANDE CANTA CAETANO’ • Xande de Pilares • Selo Gold Records / Uns Produções • 2023
Canções / compositores
1. Muito romântico (Caetano Veloso)
2. Luz do sol (Caetano Veloso)
3. Qualquer coisa (Caetano Veloso) | Participação especial: Hamilton de Holanda
4. Tigresa (Caetano Veloso)
5. Alegria alegria (Caetano Veloso)
6. Diamante verdadeiro (Caetano Veloso)
7. Trilhos Urbanos (Caetano Veloso)
—- Incidental “Retirantes” (Dorival Caymmi)
8. Lua de São Jorge (Caetano Veloso)
9. O amor (Caetano Veloso e Ney Costa Santos Filho / baseada em poema de Vladimir Maiakóvski) | composta para a trilha sonora do espetáculo ‘O percevejo’ (1)
10. Gente (Caetano Veloso)
– ficha técnica –
Xande de Pilares (voz – fx. 1-10; cavaquinho – fx. 1; banjo – fx. 7, 8)| Pretinho da Serrinha (pandeiros – fx. 1; pandeiro – fx. 4, 5, 6, 7, 8, 10; cuíca – fx. 1, 2, 4, 10; repique de anel – fx. 1, 4, 10; repique de mão – fx. 4, 7, 8, 10; frigideira – fx. 1; surdo – fx. 1, 2, 5, 6, 7, 8, 9, 10; caixa – fx. 1, 8; caixa/vassoura – fx. 2; tamborim – fx. 1, 2, 3, 4, 8, 9, 10; reco-reco – fx. 1, 2, 3, 4, 5, 6; cavaquinho – fx. 2, 4, 5, 7, 8, 10; bongo – fx. 3; ganzá – fx. 3, 4, 6, 7, 8, 10; tantan – fx. 4, 7, 8, 10; caixinha – fx. 4; atabaque – fx. 5, 7; atabaques – fx. 8; caxixi – fx. 5, 8; agogô – fx. 5, 7, 8; guizo – fx. 5; palmas – fx. 5; congas – fx. 7; repinique – fx. 8; caixa de papelão/vassoura – fx. 9)  Carlinhos 7 Cordas (violão 7 cordas – fx. 1, 2, 5, 7) | Rogério Caetano (violão 7 cordas aço – fx. 6) | Pedro Baby (violão – fx. 1, 2, 5, 7) | Rafael dos Anjos (violão – fx. 3) | Marcelo Mínyos (violão 6 cordas – fx. 4, 8, 9, 10) | Guto Wirtti (contrabaixo – fx. 3, 7) | Charles Bonfim (baixo – fx. 9, 10) | Gabriel Grossi (gaita – fx. 6) | Bebê Kramer (acordeon – fx. 9) | Hamilton de Holanda (bandolim – fx. 3 / participação especial) | Dirceu Leite (flauta – fx. 2; clarone – fx. 5) | Diogo Gomes (trompete com surdina – fx. 4; trompete – fx. 4, 8; flugelhorn – fx. 4) || Coro (fx. 1, 5, 7, 10): Bettina Graziani, Dora Morelenbaum, Jussara Lourenço, Rachell Luz || Produção musical e arranjo: Pretinho da Serrinha | Arranjo de metais (fx. 4, 8): Diogo Gomes | Técnicos de gravação e mixagem: Igor Ferreira | Técnico de masterização: Alexandre Rabaço | Gravado nos Estúdios Lavigne (RJ) | Mixado no Estúdio Casa do Igor (RJ) | Recall da Mixagem na Cia dos Técnicos Studios – Estúdio 2 – (RJ) | Masterizado no Estúdio Aura (Petrópolis/RJ) ||| Equipe Uns ProduçõesDireção de produção: Paula Lavigne | Produção executiva: Brisa Torres | Assistente de produção: Anabella Esteves | Assessoria jurídica: Caio Mariano Advogados || Equipe Gold RecordsCoordenação de marketing: Carla Bastos | Label manager: Lid Rodrigues | Produtor executivo (Xande de Pilares): Felipe Bueno || VIDIOCLIPESRealização: Araguaia Filmes | Diretor criativo: Fernando Young e Cubículo (fx. 1-10) | Direção de arte: Fabio Arruda (fx. 1-8, 10) | Direção de arte: Rodrigo Bleque (fx. 1-8, 10) | Assistente design: Miguel Moreira (fx. 1-8, 10) | Direção de produção: Diego China (fx. 1-10) | Direção e fotografia: Fernando Young (fx. 1-10) | Assistente de câmera: Carlos Nascimento (fx. 1-8, 10) | Edição: Henrique Alqualo (fx. 1-10) | Correção de cor: Tomas Mangariños (fx. 1-10) | Co Direção e fotografia: Henrique Alqualo (fx. 2, 5, 10) | Figurino: Flávio Freitas “Bandit ” (fx. 1, 3, 6) | Assistente de figurino: Marcus Avisk (fx. 1, 3, 6) | Make up: Mariana dos Santos Sandes (fx. 1, 3, 6) | Eletricista: Jorge Sena (fx. 1, 3, 6) | Produtor de set: André Ferreira (fx. 1, 3, 6) | Produtor de set: Danilo Pena (fx. 4, 7, 8, 10) | Pesquisa de imagens: Enrico Alchimim (fx. 9) || Faixa 4 – Figurantes Figurante 1: Luara Bombom / Figurante 2: Raiane dos santos Gomes Marques / Figurante 3: Thai Rodrigues / Figurante 4: Isabela Rodrigues / Figurante 5: Thay Barbosa || Faixa 5Músico ator: Jeferson Souza / Motion: Marcos Diniz Gonçalves || Faixa 9 Cenas extraídas de filmes do cinema construtivista Russo: [Filme: O Encouraçado Potemkin / Diretor: Serguei Eisenstein / Produção: Mosfilm / País: URSS / Ano: 1925 || Filme: A Beira do Mar Azul / Diretor: Boris Barnet / Produção: Mezhrabpomfilm, Azerfilm / País: URSS / Ano: 1936 || Filme: Velho e Novo / Diretor: Grigoriy Aleksandrov e Serguei Eisenstein / Produção: Sovkino / País: URSS / Ano: 1929 || Filme: Terra / Diretor: Aleksandr Dovjenko / Produção: VUFKU / País: URSS / Ano: 1930] || Selo: Gold Records / Uns Produções | Distribuição digital: ONErpm | Formato: CD / Digital  / Videoclipes | Ano: 2023 | Lançamento: 4 de agosto | #* Ouça o álbum: clique aqui || **Assista os videoclipes: clique aqui.
——
(1) ‘O percevejo’, peça de teatro de Maiakóvski, espetáculo dirigido por Luiz Antônio Martinez Corrêa, em 1981, com cenografia de Helio Eichbauer e música de Caetano Veloso e Ney Costa Santos Filho. Peça traduzida por Luiz Antônio com apoio de Boris Schnaiderman. Publicado pela Editora 34.

revistaprosaversoearte.com - Xande de Pilares canta Caetano Veloso
Caetano Veloso e Xande de Pilares – foto ©Marcos Roger
revistaprosaversoearte.com - Xande de Pilares canta Caetano Veloso
Xande de Pilares – foto ©Fernando Young
revistaprosaversoearte.com - Xande de Pilares canta Caetano Veloso
Xande de Pilares – foto ©Fernando Young

>> Xande de Pilares na rede: Instagram | Youtube | Facebook.
..
Série: Discografia da Música Brasileira / MPB / samba / pagode.
Publicado por ©Elfi Kürten Fenske


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES