sexta-feira, junho 14, 2024

Sexteto de ases da composição gravam álbum juntos

Moacyr Luz, Pedro Luís, Edu Krieger, Gabriel Moura, Pierre Aderne e Rodrigo Maranhão no projeto Voz dos Compositores. As versões dos compositores para sucessos gravados por outros intérpretes
.

Um coletivo de compositores brasileiros formado por Moacyr Luz, Pedro Luís, Edu Krieger, Gabriel Moura, Pierre Aderne e Rodrigo Maranhão -, estreia nesta sexta, 7 de junho, o projeto Voz dos Compositores. A ideia é mostrar as versões dos autores para canções conhecidas nas vozes de outros intérpretes – e as histórias por trás delas. O encontro será gravado pelo produtor carioca Carlos Fuchs (ganhador de um Grammy por “Pasieros”, álbum de Rubén Blades e Boca Livre) para virar álbum digital, a ser lançado no final do ano. O sexteto de ases da composição se reunirá pela primeira vez no belo Coliseu de Lisboa, em Portugal.
.
“Voz dos Compositores” quer jogar luz sobre os criadores por trás das canções, que muitas vezes permanecem à sombra de suas obras. É o encontro de seis compositores com muito em comum (incluindo várias parcerias), celebrando a alquimia que transforma palavras e sentimentos em canções populares.

O público português será o primeiro a assistir ao espetáculo, mas os criadores do projeto desejam criar novos desdobramentos, além do lançamento do álbum. “Esta é uma celebração da canção popular, dos seus segredos, da sua vida por dentro, mas também do melhor que se tem feito no universo riquíssimo da música em língua portuguesa. Será transformador repetir esse encontro em terras brasileiras e pelo mundo”, pontua Pierre Aderne.
.
Juntos, Moacyr Luz, Gabriel Moura, Pierre Aderne, Pedro Luís, Edu Krieger e Rodrigo Maranhão prometem ainda revelar histórias e curiosidades sobre canções que fizeram sucesso nas vozes de outros intérpretes.

Sobre o encontro do sexteto, Pedro Luís complementa: “Aqui há uma costura curiosa entre parcerias variadas, em duplas ou trios, que entrecruzam nossas obras. Mas sobretudo somos cantautores que tivemos, nas duas últimas décadas, o imenso privilégio de ver nossas canções posicionadas em novelas, filmes, comerciais, paradas de sucesso, nos pratos dos DJs e na boca do povo. Contar essas histórias e entoá-las à nossa maneira será, sobretudo, um imenso prazer”.
.
No repertório do projeto estão: de Edu Krieger “Ciranda do Mundo” (gravada pela Maria Rita); de Pedro Luís “Mão e Luva” (gravada por Adriana Calcanhotto); de Moacyr Luz/Aldir Blanc/Paulo César Pinheiro, “Saudades Da Guanabara” (gravada por Beth Carvalho); de Gabriel Moura /Seu Jorge/Jovi Joviniano, “Brasis”(gravada por Elza Soares); de Pierre Aderne/Gabriel Moura/ /Seu Jorge/Pretinho da Serrinha, “Mina do Condomínio”(gravada por Seu Jorge); e de Rodrigo Maranhão “Samba de Um Minuto”(gravada por Roberta Sá), entre muitas outras.
.
Outras canções, como “Noite Severina”(Pedro Luís e Lula Queiroga), “Cabô meu pai” (Aldir Blanc / Moacyr Luz / Luiz Carlos da Vila), “Caminho das Águas” (Rodrigo Maranhão) e “Novo Amor” (Edu Krieger), também estão na seleção.


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES