A cantora e compositora brasileira Nanná Millano lança o seu primeiro álbum, intitulado Can’t Translate Saudade. Composto por 12 faixas autorais, esse trabalho conta a história de um amor transatlântico sob uma perspectiva feminista. Após o lançamento dos singles “Te Amo Faz Tempo Já” e “Meu Coração Não Aguenta” em 2023, seguidos por “Lua em Aquário” e “Você Quer Tudo” no início de 2024, o disco estará disponível nas plataformas digitais a partir de 24 de maio. Desde 2023, Nanná tem lançado vídeos de algumas das faixas no seu canal no YouTube, formando um álbum visual.

Nanná iniciará uma turnê de shows em Paris, na icônica casa de Jazz Sunset-Sunside, em 6 de junho, e posteriormente se apresentará no Brasil ao longo do mês de julho.

O disco celebra sua visão moderna da música brasileira com um olhar feminino instigante, com influências da Bossa Nova ao Funk e Pop, reunindo-se em um estilo único e contemporâneo. O groove tropical de Nanná Millano explora sonoridades orgânicas, alternando um clima solar e romântico com notas lunares e xamânicas.

Can’t Translate Saudade destaca a representatividade feminina na música, com a colaboração de instrumentistas brasileiras de destaque, como a percussionista Simone Sou e violinista Izandra. As faixas contam com a participação de músicos como Carlos Malta, conhecido como “escultor do vento”, que contribui com seus virtuosos clarinetes e flautas.

Para Carlos Malta, “Posso afirmar que Nara Leão deixou sementes que brotaram no coração criativo de Nanná Millano, cantautora, que inicia sua jornada musical trazendo o frescor de suas composições inspiradas em seu cotidiano, cantado e encantado” E finaliza, “Isso é muito Bossa Nova e é muito natural! Seja bem-vinda!!”.

Nanná Millano traz consigo uma paixão pela música moldada desde a infância por influências como Elis Regina, Tom Jobim, Caetano Veloso e Gal Costa. Multiartista, é formada em Cinema, atuando como atriz, diretora e roteirista. Formada também em Artes Cênicas, fez especialização na New York Film Academy e na UCLA Extension. Filha da atriz Daniele Rodrigues, conhecida pelo seu papel como Narizinho no Sítio do Pau Amarelo, Nanná possui uma presença sólida na internet desde 2013, onde criou, produziu e apresentou conteúdos variados, desde entretenimento até publicidade. A sua série O Álbum das Mulheres Incríveis alcançou sucesso online, destacando o seu interesse pelas artes dramáticas e questões feministas.

Fundou em 2018 a produtora Mirabolant com o objetivo de dar enfoque em obras com narrativa e protagonismo feminino. Sua habilidade como roteirista foi reconhecida com o prêmio NETLABTV de Roteiro de Série de Ficção em 2018. Em 2020 filmou o longa-metragem “Te Ajudo a Me Esquecer”, que assina como diretora, roteirista e atriz.

revistaprosaversoearte.com - Nanná Millano lança o seu primeiro álbum 'Can’t Translate Saudade'
Capa do álbum ‘Can’t translate saudade’ • Nanná Millano • Selo Mirabolant / Distribuição digital Believe • 2024

DISCO ‘CAN’T TRANSLATE SAUDADE’ • Nanná Millano • Selo Mirabolant / Distribuição digital Believe • 2024
Canções / compositores
1. Can’t translate saudade (Nanná Millano)
2. O instante “Ponto de não retorno” (Nanná Millano e Gabriel Guedes)
3. 8 minutos (Nanná Millano)
4. Samba canção pra sua samba canção (Nanná Millano)
5. Oráculo (Nanná Millano)
6. Meu coração não aguenta (Nanná Millano)
7. Te amo faz tempo já (Nanná Millano)
8. Lua em aquário (Nanná Millano)
9. Você quer tudo (Nanná Millano)
10. Todo descuido é ruído (Nanná Millano)
11. Presente singular (Nanná Millano)
12. Grand finale “Can’t translate saudade” (Nanná Millano)
– ficha técnica –
Nanná Millano (voz) | Carlos Malta (clarinetes e flautas) | Breno Virícimo (violão, baixo e synths) | João Gaspar (violão) | Rodrigo Trevis (violão) | Matu Miranda (violão) | Julia Piedade (piano) | Gabriel Guedes (piano) | Fernando Moura (piano) | Julia Toledo (piano) | Robson Nogueira (piano) | Viviane Pinheiro Roque (piano) | Chico Lira (piano) | Rodrigo Trevis (piano) | Igor Ribeiro (percussão) | Simone Sou (percussão) | Thomas Harres (percussão) | Rodrigo Trevis (acordeon) | Ingrid Cavalcanti (contrabaixo) | Rafael Barata (bateria) | Henri Greindl (contrabaixo) | Vagner Luiz (sax) | Wesley Gonzaga (trompete) | Evandro da Silva Bezerra (trombone) | Jean Jacques Rojier (tres) | Pamela Simões (vibrafone) | Izandra (violino) | Reblack (cello) | Rodrigo Trevis (guitarra) | Robson Nogueira (cavaco) | Anthony Thaieb (cuica) | Participação especial (feat.): Giuliano Eriston – fx. 7 – ‘Te amo faz tempo já’ || Produção, mixagem e masterização: Rodrigo Trevis | Arte da capa: Nanná Millano | Foto da capa: Virgile B. | Selo e gravadora: Mirabolant | Produtores fonográficos: Nanná Millano e Rodrigo Trevis | Distribuidora: Believe ||| Álbum Visual Realização: Nanná Millano e Julio Costantini | Concepção criativa: Nanná Millano | Direção de fotografia: Julio Costantini | Elenco: Nanná Millano, Andre Hendges, Izandra, Luana Tanaka | Participação especial: Simone Sou | Edição: Nanná Millano | Direção de fotografia (Segunda unidade): Virgile B. | Produtores executivos: Anne Vibert, Bertrand Vibert, Eduardo Carvalho | Paisagismo: RAMA @rr___ama | Agradecimentos: Matu Miranda, Rodrigo Trevis, Mazi Moreno, Roberta Amaral, Gabriel Amaral, Adail Viveiros, Neto Gonçalves, Daniele Rodrigues | Produtora: Mirabolant | Assessoria de imprensa: Débora Venturini | Selo: Mirabolant | Distribuidora digital: Believe | Formato: CD digital / Álbum visual | Ano: 2024 | Lançamento: 24 de maio | ♪Ouça o álbum: clique aqui | ♩Assista o álbum visual: clique aqui.

revistaprosaversoearte.com - Nanná Millano lança o seu primeiro álbum 'Can’t Translate Saudade'
Nanná Paris – foto: Virgile B.

>> Siga: @nannamillano  
.
.
.
.
.
Série: Discografia da Música Brasileira / MPB / Canção / Álbum.
* Publicado por ©Elfi Kürten Fenske
.

.

 

.

.

 







Literatura - Artes e fotografia - Educação - Cultura e sociedade - Saúde e bem-estar