segunda-feira, julho 15, 2024

MPB4 lança álbum ’60 anos de MPB’, com participações luxuosas

O MPB4 lança, no dia 5 de julho, o álbum “60 anos de MPB”, em que comemora seis décadas de carreira e sucessos de público e crítica. Gravado quase todo entre 15 de janeiro e 9 de fevereiro de 2024 no estúdio da Biscoito Fino no Rio de Janeiro, o álbum contou com as participações luxuosas de Alceu Valença, Chico Buarque, Dori Caymmi, Edu Lobo, Francis Hime, Guinga, Ivan Lins, João Bosco, Kleiton & Kledir, Milton Nascimento, Paulinho da Viola e Toquinho. Somente as vozes de Alceu Valença, Milton Nascimento e Toquinho foram gravadas em outros estúdios.
.
Este trabalho do MPB4 – que tenta resumir os 60 anos de serviços prestados à MPB, sigla que o próprio quarteto criou e que acabou ganhando vida própria – é dedicado às companheiras de palco e de vida do Quarteto em Cy, assim como também a Magro e Ruy, integrantes da primeira formação do MPB4 ao lado de Miltinho e Aquiles, que agora têm Dalmo Medeiros e Paulo Malaguti Pauleira como parceiros.

“Me senti muito honrado com o convite para substituir Ruy Faria em 2004, quando ele optou por deixar o grupo. Integrar o MPB4, considerado o maior grupo vocal no Brasil e no exterior e de tanta importância na música popular brasileira, significa participar de uma história vitoriosa”, diz Dalmo Medeiros.
.
Paulo Malaguti Pauleira revela que se aproximou do MPB4 jogando “peladas” aos domingos e que, nos anos 1990, foi convocado para fazer um arranjo num disco que cantavam Djavan e Ivan Lins. “O convite para integrar o grupo foi muito emocionante por causa do falecimento do Magro, um arranjador genial e realmente o cara que inventou o som do grupo”, revela Pauleira que já tinha uma boa relação com o Miltinho como músico e boleiro. “Aos poucos, fui me dando conta do amor e da admiração que o povo brasileiro dedica ao MPB4. Fui absorvendo o formato vocal que eles inventaram e tornaram imensamente popular. Ainda me emociono, depois de 12 anos de convívio, com a reação do público aos seus grandes sucessos. Fazer parte do MPB4 é um grande presente que a vida me deu”, derrama-se Pauleira.

E como os fundadores do grupo Aquiles e Miltinho resumem a carreira do MPB4?
.
“Em 60 anos, o MPB4 construiu uma carreira totalmente comprometida com a música brasileira e sempre ao lado da liberdade e da democracia. São seis décadas com algumas perdas, mas muitas parcerias, conquistas e alegrias”, exalta Miltinho.
.
“Resumo esses 60 anos como a minha vida toda! Certeza do futuro conquistado a cada dia, a cada música cantada, a cada sorriso dado, a cada lágrima derramada”, revela Aquiles.
.
Toda essa história, carregada de lutas e emoções, não vai parar nesses 60 anos, nem neste álbum. Segue logo no dia 10 de julho, quando o quarteto se apresenta no Teatro Riachuelo do Rio. Segue olhando para o futuro sem esquecer o passado e curtindo o presente.

revistaprosaversoearte.com - MPB4 lança álbum '60 anos de MPB', com participações luxuosas
Capa do álbum ’60 anos de MPB’ • Selo Biscoito Fino • 2024 | Arte capa: Gê Alves Pinto

DISCO ’60 ANOS DE MPB’ • MPB4 • Selo Biscoito Fino • 2024
♪Disco dedicado ao Quarteto em Cy, Mago e Ruy♪
Canções/compositores
1. Notícias do Brasil (Os pássaros trazem) (Milton Nascimento e Fernando Brant) | Participação especial de Milton Nascimento
2. O cantador (Dori Caymmi e Nelson Motta) | Participação especial de Dori Caymmi
3. Prêt-à-porter de tafetá (João Bosco e Aldir Blanc) | Participação especial de João Bosco
4. Caso encerrado (Toquinho e Paulinho da Viola) | Participação especial de Toquinho
5. Velas içadas (Ivan Lins e Vitor Martins) | Participação especial de Ivan Lins
6. Dança do corrupião (Edu Lobo e Paulo César Pinheiro) | Participação especial de Edu Lobo
7. Angélica (Miltinho e Chico Buarque) | Participação especial de Chico Buarque
8. Catavento e girassol (Guinga e Aldir Blanc) | Participação especial de Guinga
9. Coisas do mundo, minha nega (Paulinho da Viola) | Participação especial de Paulinho da Viola
10. Na primeira manhã (Alceu Valença) | Participação especial de Alceu Valença
11. Paz e amor (Kleiton Ramil e Kledir Ramil) | Participação especial de Kleiton & Kledir
12. Parceiros (Francis Hime e Milton Nascimento) | Participação especial de Francis Hime
– ficha técnica –
MPB4 – vocais: Aquiles Reis, Dalmo Medeiros, Miltinho e Paulo Malaguti Pauleira | Paulo Malaguti Pauleira (piano – fx. 1, 2, 3, 4, 5, 6, 10, 11) | Dalmo Medeiros (viola Caipira – fx. 1) | André Siqueira (violão – fx. 2, 3, 4, 5, 6, 10, 12) | Dori Caymmi (violão – fx. 2, 5, 7, 9) | João Faria (baixo – fx. 1, 2, 3, 4, 5, 6, 9, 12) | Pedro Reis (guitarra – fx. 10) | Marcos Feijão (bateria – fx. 1, 2, 3, 4, 5, 6, 9, 10, 12; percussão – fx. 3, 4, 10) | Marcelo Costa (percussão – fx. 1, 2, 6, 9, 10) | Dudu Fuentes (percussão – fx. 3, 4, 10) | Luiz Paulo (percussão – fx. 3, 4, 10) | Carlos Malta (sopros – fx. 1, 6; flautas – fx. 4, 9) || Cordas (fx. 5, 7) – violinos 1: Piret Sandberg, Mari Katrina Suss, Mari-Liis Uibo, Tarmo Truuväärt, Marge Uus e Astrid Muhel – violinos 2: Kadi Vilu, Kristjan Nõlvak, Triin Krigul, Jevgenia Gulman, Maaren Vihermäe e Toomas Hendrik Ellervee – violas: Rain Vilu, Martti Mägi, Oliver Vilu, Liina Žigurs, Mairit Mitt e Julija Širokova – cellos: Andreas Lend, Tõnu Jõesaar, Levi-Danel Mägila e Margus Uus – contrabaixos: Janel Altroff e Imre Eenma / Regência: Kleber Augusto || Participações especiais: Milton Nascimento (voz – fx. 1) | Dori Caymmi (voz – fx. 2) | João Bosco (voz – fx. 3) | Toquinho (voz – fx. 4) | Ivan Lins (voz – fx. 5) | Edu Lobo (voz – fx. 6) | Chico Buarque (voz – fx. 7) | Guinga (voz – fx. 8) | Paulinho da Viola (voz – fx. 9) | Alceu Valença (voz – fx. 10) | Kleiton & Kledir (voz – fx. 11) | Francis Hime (voz – fx. 12) | Arranjos: Paulo Malaguti Pauleira (fx. 1, 2, 3, 6, 11) | Miltinho (fx. 4, 9, 10, 12) | Dori Caymmi (fx. 5, 7) | Arranjo vocal: MPB4 (fx. 1) | Paulo Malaguti Pauleira (fx. 2, 3, 5, 7, 11) | Miltinho (fx. 4, 9, 10, 12) | Arranjo de flautas: Paulo Malaguti Pauleira (fx. 4) | Dori Caymmi (fx. 9)  | Seleção de repertório: MPB4 | Produção musical: Miltinho e Paulo Malaguti Pauleira | Produção executiva: Marcelo Cabanas | Gravação, mixagem e masterização: Lucas Ariel no estúdio da Biscoito Fino, Rio de Janeiro | Assistente de estúdio: Wallace Ferreira | Gravado entre 15 de janeiro e 9 de fevereiro de 2024 no estúdio da Biscoito Fino no Rio de Janeiro | Com exceção de: Voz Alceu Valença – gravada por Leo Dim no Estúdio Cazuna no Recife – PE / Voz Milton Nascimento – gravada por Arthur Luna no Rio de Janeiro – RJ /  Voz Toquinho – gravada por Beto Mendonça no Estúdio 185 Apodi em São Paulo – SP | Afinação de piano: Guthenberg | Capa (arte): Gê Alves Pinto | Fotos de divulgação: Leo Aversa | Fotos dos bastidores da gravação do CD: Marcelo Cabanas | Assessoria de mídias digitais MPB4: Beto Feitosa | Assessoria de imprensa MPB4: Sheila Gomes | Uma realização Biscoito Fino 2024Direção geral: Kati Almeida Braga; Direção artística: Olivia Hime; Direção executiva: Jorge Lopes; Gerente de A&R: Rafael Freire; Gerente de marketing: Marcela Maia || Selo: Biscoito Fino | Formato: CD digital | Ano: 2024 | Lançamento: 5 de julho | ♪Ouça o álbumclique aqui.
.
>> Siga: @mpb4oficial | @biscoitofino
.
.
.
.
.
.
.
Série: Discografia da Música Brasileira / MPB / Canção /  Álbum.
* Publicado por ©Elfi Kürten Fenske


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES