sábado, junho 15, 2024

Itamar Vieira Júnior fala da importância do Festival Literário e Cultural da Baixada Fluminense

E o 1º Festival Literário e Cultural da Baixada Fluminense, no Parque Natural do Gericinó, está terminando, e o evento celebrou a literatura e a arte em Nilópolis, reunindo talentos locais e nacionais para compartilharem suas obras e expressões artísticas. A FLIC-BF recebeu Itamar Vieira Júnior para a roda de conversa “Entre Quilombos e livros”, com participação da Doutora em Geografia Geny Ferreira Guimarães. Ele aproveitou para autografar seu último livro Salvar o Fogo.

– Itamar, emocionado comentou: O 1º Festival Literário e Cultural da Baixada Fluminense é um evento importantíssimo, que está trazendo cultura, divulgando literatura no município de Nilópolis. Eu vejo que eventos como esse são muito importantes para a difusão e fomento de leitura, para que se leve cultura a lugares desfavorecidos. Às vezes é uma cidade que não tem uma livraria, uma biblioteca, e os eventos costumam fazer os escritores circular com suas histórias, encontrar os leitores… Eu tenho certeza de que tudo isso contribui para formar leitores e divulgar a literatura brasileira. Por isso, é muito importante eventos como esse” – comentou Itamar.

revistaprosaversoearte.com - Itamar Vieira Júnior fala da importância do Festival Literário e Cultural da Baixada Fluminense
Itamar Vieira – foto © Fernando Rabelo

SOBRE O FESTIVAL
O Flic-BF é um evento cultural de destaque na região da Baixada Fluminense, e teve como anfitriã a cidade de Nilópolis, celebrando a rica diversidade artística e literária desta área vibrante e multicultural. Com um compromisso de promover a educação, a criatividade e a inclusão cultural, o Flic-BF se tornou uma plataforma renomada que atrai amantes da literatura, artistas, escritores e comunidades locais.
.
Neste festival, mergulhamos nas páginas da literatura e exploramos as muitas formas de expressão artística que florescem na Baixada Fluminense. O Flic-BF é um encontro de mentes criativas, onde autores renomados compartilham suas histórias inspiradoras e aspirantes a escritores têm a oportunidade de mostrar seu talento emergente. As palestras, rodas de conversas e oficinas literárias oferecem uma experiência educativa única para todos os participantes.
.
Além da literatura, o Flic-BF celebrou a cultura local por meio de exposições de arte, apresentações musicais e performances teatrais. Este festival é um reflexo da identidade cultural diversificada da Baixada Fluminense e é uma oportunidade para os residentes locais se conectarem com suas raízes e compartilharem sua herança cultural com o mundo.

revistaprosaversoearte.com - Itamar Vieira Júnior fala da importância do Festival Literário e Cultural da Baixada Fluminense
Itamar Vieira – foto © Fernando Rabelo

O LIVRO
SALVAR O FOGO
Moisés vive com o pai, Mundinho, e sua irmã, Luzia, em Tapera do Paraguaçu, povoado rural na Bahia. Os outros irmãos foram embora. Tapera é uma comunidade de agricultores, pescadores e ceramistas de origens afro-indígena que vive ao mando da igreja (dona de um mosteiro construído no século XVII). Órfão de mãe, Moisés encontra afeto com Luzia — estigmatizada por seus supostos poderes sobrenaturais. Diligente lavadeira do mosteiro, Luzia o educa com rigidez. Ela ainda alimenta a esperança de reunir a família novamente. Anos depois um grave acontecimento pode ser a oportunidade para isso, e este reencontro promete deixar de lado décadas de segredos e sofrimentos.
.
revistaprosaversoearte.com - Itamar Vieira Júnior fala da importância do Festival Literário e Cultural da Baixada FluminenseFICHA TÉCNICA
Título: Salvar o fogo
Autor: Itamar Vieira Junior
Ilustrações de capa: Elisa v. Randow e Aline Bispo
Editora: Todavia Livros
Páginas: 320
ISBN: 978-65-5692-415-1
Ano da 1ª edição: 2023
Valor: R$ 76,90
* Compre o livro. clique aqui.

SOBRE O AUTOR
Vencedor dos prêmios Leya, Oceanos e Jabuti, Itamar Vieira Junior nasceu em Salvador, na Bahia, em 1979. É geógrafo e doutor em estudos étnicos e africanos pela UFBA. Seu romance TORTO ARADO é um dos maiores sucessos — de público e crítica — da literatura brasileira das últimas décadas, tendo sido traduzido em mais de vinte países.


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES