Às vezes falar demais só piora as coisas

Você precisa ter alguns truques para lidar com seus filhos. A melhor ferramenta geralmente não é suborno ou alguma filosofia parental sofisticada – são pequenas frases. É necessário validar os sentimentos dos seus filhos e a chave para isso é conversar. Por isso, separamos frases curtas para substituir uma tonelada de tagarelice e isso pode melhorar seu relacionamento com seus filhos.

“Sei que é difícil”

Esta frase, com um sincero rosto compreensivo e uma palmadinha no ombro, pode ajudar muito a acalmar uma criança com grandes emoções. A validação pode ajudar a sua criança passar por sentimentos difíceis, em vez de ficar presa.

“Ande, por favor!”

Dar a uma criança pequena uma direção pode terminar rapidamente com um debate. Quando você diz: “Não corra!” ou “Pare de discutir”, o seu filho não só precisa interromper a ação como também precisa saber o que ele deve fazer depois. Agora se disser “Caminhe, por favor!” simplesmente diz a ele o que fazer a seguir.

“Tente novamente”

Essa é uma ótima escolha para muitos tipos de comportamento indesejado – gritar, pegar um brinquedo de alguém, ser grosseiro. As crianças podem ser mais cooperativas se sentirem que têm algum controle sobre uma situação, então dizer algo assim dá a elas a chance de escolher se comportar de maneira diferente sem acumular a culpa.

“O que foi que eu disse?”

Peça sinceramente que ele diga o que você disse. É uma boa maneira de lembrá-lo do que ele deveria estar fazendo.

“Eu te amo demais para discutir”

Meu momento veio no dia em que ouvi essas seis palavras. No desembarque, o diretor de uma pré-escola instantaneamente e gentilmente encerrou as tentativas de uma criança de quatro anos de discutir com ele respondendo com essa preciosidade. Ponto final. Caso encerrado. Siga em frente, garoto – e é exatamente isso que ele fez.

“Não consigo entender quando você usa essa voz”

Esta é uma alternativa abençoada para a típica frase “Pare de choramingar!”. Uma vez que seu filho fala com você no tom normal, você pode elogiá-lo e explicar por que aquele é o jeito certo.

“Como falamos?”

Fazer as crianças se lembrarem de suas maneiras é uma batalha contínua – mas, em vez de importunar, o que pode desencadear uma resposta rebelde, ajude seu filho a lembrar-se das regras com uma pergunta serena.

Fonte: Pais&Filhos

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Revista Prosa Verso e Arte
Literatura - Artes e fotografia - Educação - Cultura e sociedade - Saúde e bem-estar

COMENTÁRIOS