sábado, junho 15, 2024

‘Do Nato Samba Jazz’, álbum do compositor e baixista Eduardo Machado

O compositor e baixista Eduardo Machado acaba de lançar nas plataformas digitais Do Nato Samba Jazz, disco que faz homenagem ao mestre João Donato com repertório autoral de inéditas, e que enaltece as nuances do samba jazz. A versão em vinil, lançada pelo selo Microgrooves Records, traz QR Codes de vídeos exclusivos da gravação, que também contou com a participação especial do pianista, compositor e cantor homenageado.
.
“O álbum reúne toda a rica diversidade da minha carreira, com músicas que trazem a marcante harmonia da bossa nova e se entretecem com a sensibilidade e pensamento musical de João Donato, além de elementos da fusão entre o jazz, a música latina e uma pitada dos ritmos caribenhos, bem como, da reincorporação afro-cubana ao jazz”, diz Eduardo Machado.
.
No disco, o baixista está acompanhado pelos músicos Daniel D’Alcantara (trompete), Vitor Alcântara (sax tenor), Marcio Bahia (bateria) e Eron Guarnieri (piano/teclado). Juntos, exploram instrumentos além de sua forma tradicional, criando uma atmosfera com hibridismo de estilos como o samba, porém, com a harmonia da bossa nova e a melodia que remete ao blues. “Diferentemente da bossa nova, que é um estilo de samba, porém com um espírito intimista, o samba jazz pode ser considerado mais enérgico com a desenvoltura da improvisação. Por isso, neste álbum apresentamos o que há de mais nato deste subgênero musical, trazendo à tona as vertentes e as experimentações elaboradas pelo nosso mestre João Donato e ressoando o que de mais contemporâneo se faz hoje”, diz Eduardo.

Sobre a faixa “Ura”, o baixista revela “Foi a primeira música que compus e enviei ao João Donato, no início da pandemia. Fiquei muito emocionado quando a sua mulher retornou dizendo que ele tinha gostado e, por isso, queria participar da gravação. A partir daí surgiu a ideia desse novo trabalho e a composição das outras faixas”. “Me senti muito à vontade nesta gravação, porque o jazz é a minha casa. A música do Eduardo é uma obra que eu poderia ter escrito, é a minha cara. E os músicos são os melhores do instrumental, que afinal é o paraíso para mim. Ser homenageado num álbum que traz tanto de mim, me faz muito feliz”, disse João Donato na gravação. “João Donato é uma das maiores referências da música popular brasileira e, portanto, foi importante prestar uma homenagem a ele ainda em vida”, completa Eduardo. João Donato faleceu em 17 de julho de 2023.

Sobre Eduardo Machado
Com 33 anos de carreira como músico e professor, estudou no Musicians Institute (Londres) e é formado no Conservatório de Tatuí (SP). Sua discografia é composta por 10 álbuns e 5 DVDs. Participou de festivais por todo mundo, como o Hong Kong Jazz Festival (China), Jarasum Jazz Festival (Coréia do Sul) e Rio Montreux Jazz Festival (Rio de Janeiro). Com seu grupo fez cinco turnês na Europa, onde se apresentou em cidades como Paris, Berlim, Amsterdã, Zurique, Basel, Cracóvia, entre outros. Foi premiado no concurso “Novos Talentos do Jazz” (Savassi Festival, Belo Horizonte/MG, 2009). Artista reconhecido também no exterior, Eduardo participou de shows e gravações com grandes nomes da música brasileira e internacional, como Zeca Baleiro, Roberto Menescal, Toquinho, Renato Teixeira, João Donato, Jair Rodrigues, Sandra de Sá, Paula Lima, Margareth Menezes, Dinho Ouro Preto, Luiz Caldas, Zé Geraldo, Diego Figueiredo, Larry Coryell, Cyrille Aimée, Arthur Maia, Hamilton de Holanda, Robertinho Silva, Toninho Ferragutti, Victor Biglione, Toninho Horta, Ricardo Silveira, Gabriel Grossi, Marku Ribas, Arthur Maia, Celso Pixinga, Edu Ribeiro, Carlos Bala, Alegre Corrêa, Derico, David Garfield, Roberto Sion e muitos outros.

revistaprosaversoearte.com - 'Do Nato Samba Jazz', álbum do compositor e baixista Eduardo Machado
Capa do álbum ‘Do Nato Samba Jazz’ • Eduardo Machado • Selo Microgrooves • 2023

DISCO ‘DO NATO SAMBA JAZZ’ • Eduardo Machado • Selo Microgrooves • 2023
Canções / compositores
1. Ura (Eduardo Machado) | Participação especial: João Donato
2. Samblues (Eduardo Machado)
3. Do Nato samba jazz (Eduardo Machado)
4. Canastra (Eduardo Machado, Diego Figueiredo e Eron Guarnieri)
5. Brasileto (Eduardo Machado)
6. Tapete azul (Alegre Correa)
7. Pro Baden (Thiago Carreri) / Bônus
– ficha técnica –
Eduardo Machado (baixo) | Daniel D’Alcantara (trompete) | Eron Guarnieri (piano e teclado) | Márcio Bahia (bateria) | Vitor Alcântara (sax tenor) | Participação especial: João Donato (piano – fx. 1) | Engenheiro de gravação: Adonias Souza Jr. | Gravação: Estúdio Arsis, em 27 de junho de 2022 | Mixagem: André Bolela e Eduardo Machado Masterização: Vitor Hirtsch Master | Vinil: Arthur Joly | Fotos: Ismael Derruci | Vídeo: Thamires Mulatino | Capa: Ricardo H. Fernandes | Produção executiva: Tiago Pantaleão / Microgrooves Records | Assessoria de imprensa: Débora Venturini | Vinil  editado pelo Selo: Microgrooves Records | Digital: Independente | Distribuição: Tratore| Formato: Vinil / CD digital | Ano: 2023 | Lançamento: 14 de abril | #* Ouça o álbum: clique aqui | youtube.
.
.
>> Eduardo Machado na rede: Site | Instagram | Facebook | Youtube.

LEIA TAMBÉM
:: ‘Os Bossa Nova’, álbum de João Donato, Marcos Valle, Carlos Lyra e Roberto Menescal
:: ‘Síntese do Lance’, um álbum necessário de João Donato e Jards Macalé
:: João Donato apresenta ‘Serotonina’, seu primeiro álbum solo de canções
.
.
Série: Discografia da Música Brasileira / MPB / Música instrumental / Jazz.
* Publicado por ©Elfi Kürten Fenske


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES