segunda-feira, junho 24, 2024

Confira: Shows de junho no Sesc Santo Amaro

Zé Geraldo, Xênia França, Assucena em tributo à Gal Costa e clima junino marcam programação de shows no Sesc Santo Amaro
A Unidade conta com uma programação musical múltipla com shows e espetáculos musicais voltados para as festas juninas e ritmos brasileiros, além de música clássica e instrumental
.
Uma profusão de ritmos e gêneros, além de shows marcados pelo clima junino, marcam a programação musical do Sesc Santo Amaro durante o mês. A banda Vespas Mandarinas (Dia 2/6, sexta, às 21h) faz show comemorativo de 10 anos do seu álbum de estreia Animal Nacional. O disco representou uma espécie de novo levante daquele rock brasileiro que tinha garra e vontade de se comunicar com as massas.
.
Trio Macaíba (Dia 3/6, sábado, às 20h) traz o forró com Beto Corrêa (sanfona e voz), Cleber Almeida (zabumba e voz) e Ramon Vieira (triângulo e voz). O grupo possui dois discos autorais que contaram com a participação de Dominguinhos, Hermeto Pascoal e o maestro Nailor Proveta.
.
Orquestra Rural traz o espetáculo musical Maracatu, Boi, Coco e Baião! Viva São João! (Dia 10/6, sábado, às 17h) que promove um passeio pelos diversos ritmos do Brasil que comemoram as datas juninas como coco de roda, baião, cacuriá, maracatu, boi, xaxado e arrasta-pé. A banda Bicho de Pé (Dia 10/6, sábado, às 20) mostra um show com uma música regional brasileira dançante. O grupo já tocou com grandes nomes como Dominguinhos, Elba Ramalho, Fagner, Zeca Baleiro, Ivete Sangalo e Daniela Mercury, entre outros.
.
Zé Geraldo & banda (Dia 16/6, sexta, às 21h) apresenta ao público seu novo show De volta pra estrada. No repertório estão clássicos e canções inéditas  como CidadãSenhorita e Milho aos Pombos que flertam com o folk, rock e MPB.

Continuando com o clima junino, a programação ainda conta os espetáculos São João Encantado com o Grupo Encantoria (Dia 17/6, sábado, às 17h) e Ecos Juninos com os Grupos Encantoria e Manuí (Dia 18/6, domingo, às 17h). Ambas as atrações trabalham com musicais e manifestações da cultura popular celebradas no período junino em todo o Brasil.
.
A cantora Xênia França (Dia 23/6, sexta, às 21h) traz show do álbum Em Nome da Estrela. O disco desconstrói ritmos tradicionais e os une a sintetizadores, arranjos e harmonias sofisticadas que vão do Jazz ao R&B. Já o projeto Calango Doido (Dia 24/6, sábado, às 19h) traz a originalidade, a essência e a riqueza cultural da música nordestina somando-se a forma inusitada de apresentar outros gêneros musicais tocados em ritmos nordestinos, mantendo a tradição e trazendo a inovação.
.
O Grupo Tempus Transit (Dia 30/6, sexta, às 19h) apresenta um show com danças e melodias celtas, medievais e renascentistas utilizando instrumentos raros como o krummhorn e o rauschpffeife, ao lado de diversos tipos de flautas, da vihuela e de percussão variada. Fechando o mês, Assucena coloca no palco Rio E Também Posso Chorar – Um tributo à Gal Costa (Dia 30/6, sexta, às 21h). Na performance, a cantora homenageia o icônico disco Fatal — Gal a Todo Vapor (1971), com faixas como Mal Secreto e Hotel das Estrelas, além de trazer outras versões de Luz do Sol, Sua Estupidez e Vapor Barato. A artista ficou conhecida por fazer parte do trio As Baías, antes de dar início à carreira-solo.
.
Com apresentações que mesclam a música popular e a erudita numa experimentação de sons e melodias, o projeto Música ao Cair da Tarde acontece sempre às sextas-feiras, às 19h, na área de Convivência do Sesc Santo Amaro. Em junho, as atrações são Violas Brasileiras com André Moraes e César Petená (Dia 2/6, sexta, às 19h), Duo Lula Gama e Luis Passos (Dia 9/6, sexta, às 19h), Felipe Gomide e Forrobodó Oriental Trio (Dia 16/06, sexta, às 19h) e Raphael Ferreira Trio (Dia 23/6, sexta, às 19h).

Veja a programação abaixo:

show
Vespas Mandarinas
Dia 2/6, sexta, às 21h. Teatro. R$30,00 / R$15,00 / R$10,00. 14 anos
> Saiba mais acessando o link aqui.
A banda Vespas Mandarinas volta para show comemorativo de 10 anos do CD “Animal Nacional”. Álbum de estreia do grupo paulista, o trabalho representou uma espécie de novo levante daquele rock brasileiro que tinha garra e vontade de se comunicar com as massas.
.
show
Trio Macaíba
Dia 3/6, sábado, às 20h. Pça Coberta. R$30,00 / R$15,00 / R$10,00. 12 anos
> Saiba mais acessando o link aqui.
O Trio Macaíba nasceu, em 2000, da união dos amigos Beto Corrêa (sanfona e voz), Cleber Almeida (zabumba e voz) e Ramon Vieira (triângulo e voz) com o intuito de divulgar o forró. Hoje é reconhecido como um dos melhores trios do ritmo no Brasil. Em sua trajetória, o grupo possui dois discos autorais que contaram com a participação de Dominguinhos, Hermeto Pascoal e o maestro Nailor “Proveta”.
.
espetáculo
Maracatu, Boi, Coco e Baião! Viva São João! com Orquestra Rural
Dia 10/6, sábado, às 17h. Convivência. Livre. Grátis.
O show é um passeio pelos diversos ritmos do Brasil que comemoram as datas juninas como coco de roda, baião, cacuriá, maracatu, boi, xaxado e arrasta-pé. Ao longo do cortejo haverá brincadeiras populares com dança , interagindo com o público de uma maneira leve, poética e divertida.

show
Bicho de pé
Dia 10/6, sábado, às 20h. Teatro. R$30,00 / R$15,00 / R$10,00. 12 anos.
> Saiba mais acessando o link aqui.
Com 24 anos de carreira, mais de 3 mil shows realizados e 10 turnês internacionais, a Banda Bicho de Pé toca e compõe música regional brasileira dançante. Já tocou com grandes nomes como Dominguinhos, Elba Ramalho, Fagner, Zeca Baleiro, Ivete Sangalo e Daniela Mercury, entre outros.
.
show
Zé Geraldo & banda
> Saiba mais acessando o link aqui.
Dia 16/6, sexta, às 21h. Teatro. R$40,00 / R$20,00 / R$12,00. 10 anos
O cantor e compositor mineiro apresenta seu novo show “De volta pra estrada”. No repertório estão clássicos e canções inéditas, tais como “Cidadão”, “Senhorita” e “Milho aos Pombos”. Zé Geraldo faz um show com folk, rock e MPB acompanhado de sua banda.
.
espetáculo
São João Encantado com o Grupo Encantoria.
Dia 17/6, sábado, às 17h. Pça Coberta. Livre. Grátis
O grupo Encantoria prepara um repertório com estilos musicais e manifestações da cultura popular celebradas no período junino em todo o Brasil. A proposta contempla quadrilhas, forrós, baiões, xotes, cirandas, cocos de roda com canções de compositores como Alceu Valença, Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Elomar, Tião Carvalho, Jackson do Pandeiro, Lia de Itamaracá, Baracho e canções autorais inspiradas nesse universo cultural. Em cena, estão Leandro Pfeifer (vocal, violão e cavaco), Tatiana Zalla (intervenções poéticas), Melina Cabral (voz e percussão), Vitinho Santos (sax), Gilsom Caetano (trompete), Bruna Duarte (baixo), Wilsom Caetano (bateria), Flávio Vasconcelos (flauta transversal e guitarra), Edu Guimarães (acordeom), Lucas Barel (brincante e percussão), Camila Rocha e Vanessa Soares (brincantes).

espetáculo
Ecos Juninos com os Grupos Encantoria e Manuí.
Dia 18/6, domingo, às 17h. Pça Coberta. Livre. Grátis
A apresentação é uma proposta musical com narração de histórias para teatros e festas juninas em espaços abertos que amplia as referências a respeito das manifestações culturais celebradas no período junino na área cultural caipira. O espetáculo contempla batuques do sudeste, quadrilhas, modas de viola e outros estilos da música caipira.

show
Xênia França
Dia 23/6, sexta, às 21h. Teatro. R$40,00 / R$20,00 / R$12,00. 10 anos
Nesse show, Xênia apresenta seu segundo álbum “Em Nome da Estrela”, trabalho que afirma sua identidade musical desconstruindo ritmos tradicionais e os unindo a sintetizadores, arranjos e harmonias sofisticadas que vão do Jazz ao R&B, criando uma atmosfera deslumbrante para a voz da cantora.
.
show
Calango Doido
Dia 24/6, sábado, às 19h. Pça Coberta. Livre. Grátis
É um projeto musical inovador que traz a originalidade, a essência e a riqueza cultural da música nordestina somando-se a forma inusitada de apresentar outros gêneros musicais tocados em ritmos nordestinos, mantendo a tradição e trazendo a inovação. A formação instrumental preserva o tradicional “trio pé de serra”, com sanfona, zabumba e triângulo, sendo fiel a sonoridade original do estilo e prezando pela qualidade musical, porém, de forma moderna e atual, resgatando a alegria e animação da festa “Forró”.
.
show
Tramas Sonoras com o Grupo Tempus Transit
Dia 30/6, sexta, às 19h. Convivência. Livre. Grátis
O espetáculo faz um recorte na trilha percorrida pela música ao longo dos séculos, destacando principalmente o repertório de tradição oral, com peças medievais, renascentistas e celtas, assim como alguns de seus reflexos no Brasil. “Tramas Sonoras” apresenta estilos não tão comuns às salas de concerto, assim como o instrumental raro, com seus timbres surpreendentes, em várias combinações.

espetáculo
Assucena
Rio E Também Posso Chorar – Um tributo à Gal Costa
Dia 30/6, sexta, às 21h. Teatro. R$30,00 / R$15,00 / R$10,00.
Na apresentação, Assucena presta homenagem ao icônico disco Fatal — Gal a Todo Vapor (1971), com faixas como Mal Secreto e Hotel das Estrelas — de onde foi retirado o verso que nomeia o show —,além de trazer outras versões de Luz do Sol, Sua Estupidez e Vapor Barato. A artista ficou conhecida por fazer parte do trio As Baías, antes de dar início à carreira-solo.

Música ao cair da tarde
.
show
Violas Brasileiras com André Moraes e César Petená
Dia 2/6, sexta, às 19h. Convivência. Livre. Grátis
> Saiba mais acessando o link aqui.
O duo André Moraes e César Petena surgiu em 2015 durante os ensaios da Orquestra Filarmônica de Violas. Desde então, vem conquistando tanto o público mais jovem, interessado nas vertentes modernas da Viola, quanto o público admirador das tradicionais modas caipiras. O show “Violas Brasileiras” apresenta arranjos e composições instrumentais inéditas que exploram diversas combinações.
.
show
Duo Lula Gama e Luis Passos
Dia 9/6, sexta, às 19h. Convivência. Livre. Grátis
> Saiba mais acessando o link aqui.
O duo de violões formado por Lula Gama e por Luis Passos apresenta um repertório que parte dos clássicos às peças contemporâneas do violão brasileiro: de Villa Lobos a Guinga, de Hermeto Pascoal a Dilermando Reis, Garoto a Tom Jobim. Com composições e arranjos arrojados, a dupla tem seu estilo calcado na música popular, mas com um pé na música erudita.
.
show
Felipe Gomide e Forrobodó Oriental Trio
Dia 16/6, sexta, às 19h. Convivência. Livre. Grátis
> Saiba mais acessando o link aqui.
Neste show, o Forrobodó Oriental Trio apresenta o trabalho inédito e autoral do rabequeiro paulistano, Felipe Gomide, que mergulha nas fusões entre manifestações regionais brasileiras; como o forró, o côco, o baião e o xote, com a magia da música oriental, desenvolvida pelos povos árabes, turcos, ciganos e persas. Contando com o sanfoneiro português, Nathanael Souza, e a viola caipira de Ricardo Barros, o trio apresenta também versões inusitadas de temas clássicos da música nordestina, num animado repertório instrumental inspirado nos tradicionais festejos de São João.

show
Raphael Ferreira Trio
Dia 23/6, sexta, às 19h. Convivência. Livre. Grátis
O artista é saxofonista, compositor e arranjador, com nove discos lançados entre projetos como solista ou colíder. Em colaborações ou como sideman, tem trabalhos realizados com Banda Urbana, Grupo Comboio, Grupo Amanajé, Airto Moreira, Flora Purim, Arismar do Espírito Santo, Filó Machado, Nelson Sargento, Phil DeGreg, Letieres Leite e Rosa Passos, tendo excursionado pelas Américas do Sul e Norte, Europa e Marrocos; nesta atividade, destaca-se sua atuação junto ao grupo Hermeto Pascoal & Big Band, premiado no Latin Grammy 2018. Doutor em música pela Unicamp e graduado em música pela USP; realizou Pós-Doutorado na University of North Texas/EUA e foi bolsista do Banff Centre/Canadá para o International Workshop in Jazz and Creative Music.
.
Sesc Santo Amaro   
Rua Amador Bueno, 505, Santo Amaro, São Paulo (SP)   
Horário de funcionamento: terça a sexta, das 10h às 21h30 | Sábado, domingo e feriado, das 10h às 18h30.


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES