sexta-feira, julho 19, 2024

Adriano Salhab & Forró Xique Xique reverenciam ritmos nordestinos no álbum ‘A Rabeca Secreta’

O multiartista pernambucano Adriano Salhab e a banda Forró Xique Xique se unem em um caldeirão sonoro em “A Rabeca Secreta”, álbum lançado pelo selo Fervo, da conceituada yb music. A parceria reverencia os tradicionais ritmos nordestinos, com destaque para o forró, em um trabalho plural e com forte veia autoral que vai muito além dos estereótipos.
.
“Já fazia tempo que eu devia um disco autoral totalmente voltado ao universo do forró. Há pelo menos duas décadas atuo continuamente nos ciclos juninos de Recife e mais recentemente de São Paulo, com repertório que sempre contemplou os clássicos (de Luiz Gonzaga a Alceu Valença) juntamente com pernambucanos mais modernos como Mestre Ambrósio e Cumadre Florzinha. O álbum vem incrementar essa trajetória musical, fazendo a devida homenagem às minhas origens regionalistas, brincando também com minha ascendência árabe, vide a música de trabalho ‘Forró do Libanês’. O disco contempla o rico panorama rítmico do universo ‘lustra fivela’ dos salões de barro pisado e ‘forrós pé de calçada’”, conta o artista.

Adriano Salhab traz consigo uma vasta experiência musical, proveniente de sua formação em uma escola regional, focada na pesquisa da rabeca e seus folguedos originais, bem como sua habilidade com o bandolim e regência voltada a orquestras de pau e cordas, como o Frevo de Bloco. Sua trajetória musical passa ainda pela banda Textículos de Mary até o Teatro Oficina Uzyna-Uzona, de Zé Celso. Com mais de 25 anos de carreira, sua atuação no teatro, seja como diretor musical, músico em cena ou ator, soma mais de 70 peças em seu currículo.
.
O novo trabalho se soma a uma discografia que já inclui o primeiro álbum, “Adriano Salhab Canta Os Sertões”, contemplado pelo Mapeamento Rumos do Instituto Itaú Cultural em 2012, no qual selecionou 15 de suas composições adaptadas para o teatro a partir do livro de Euclides da Cunha, realizado pelo Teatro Oficina; e o aclamado “Amor Grave”, lançado em 2016 e premiado como Melhor Disco na quinta edição do Prêmio da Música de Pernambuco. Inspirado nos anos vividos em São Paulo, este trabalho apresentou uma sonoridade mais urbana e com influências de rock and roll.
.
Foi então que Salhab sentiu a necessidade de produzir um trabalho autoral totalmente dedicado ao universo do forró. Agora ele abre uma nova página na carreira com uma volta às origens em A Rabeca Secreta. Com o grupo Adriano Salhab & Forró Xique Xique, o músico se inspira na canção “Xique Xique”, de Tom Zé e Zé Miguel Wisnik, para trazer uma abordagem mais contemporânea ao trabalho. O repertório também inclui outras composições de Tom Zé, como “Sândalo”, “Cabeça do Século” e “Feira de Santana”.
.
O álbumA Rabeca Secreta representa um marco na trajetória musical de Adriano Salhab, onde ele busca deixar sua marca como compositor, além de homenagear suas origens como rabequeiro e violeiro em composições que exploram o universo do forró, xote, coco, ijexá e arrasta-pés.

Das 12 faixas do álbum, Adriano assina 10 composições e os arranjos. Além disso, ele gravou todos os instrumentos de base, contando com a participação especial de Hugo Lins na viola em duas faixas e Amanda Ferraresi no violoncelo em outras duas faixas. O coro feminino composto por Jamille Queiroz, Mara Braga e Carina Iglésias traz brilho aos refrões e está presente em quase todas as músicas.
.
Destaca-se também a participação da cantora cearense Jamile Queiroz na faixa “Homem Forró/Mulher Forró”, que traz uma crítica sutil ao machismo presente em diversos universos musicais tradicionais. Além disso, Filipe Edmo divide a autoria da música “Pisada Seca”, que retrata a histórica exploração dos trabalhadores das usinas de açúcar.
.
O álbum também presta uma homenagem ao mestre cirandeiro Santino de Nazaré da Mata, com a canção “Santo Velho”, escrita por João Paulo Rosa e Valfrido Santiago, trazendo um pouco da atmosfera rural dos canaviais da Zona da Mata para essa produção concebida e realizada em São Paulo.
.
“A Rabeca Secreta” é um disco que promete agradar a todos os públicos, com suas composições envolventes e uma abordagem contemporânea do forró. O álbum já está disponível nas principais plataformas de streaming.

revistaprosaversoearte.com - Adriano Salhab & Forró Xique Xique reverenciam ritmos nordestinos no álbum 'A Rabeca Secreta'
Capa do álbum ‘A Rabeca Secreta’ • Adriano Salhab & Forró Xique Xique • Selo Fervo Music • 2023

DISCO ‘A RABECA SECRETA’ • Adriano Salhab & Forró Xique Xique • Selo Fervo Music • 2023
Canções / compositores
1. Forró do libanês (Adriano Salhab)
2. Homem forró/Mulher forró (Adriano Salhab)
3. A rabeca secreta (Adriano Salhab)
4. Côco para Isabela (Adriano Salhab)
5. Forró alinhadinho (Adriano Salhab)
6. Galope palestino (Adriano Salhab)
7. Tururu bebê (Adriano Salhab)
8. Mourisco (Adriano Salhab)
9. Até o fim (Adriano Salhab)
10. Pisada seca (Adriano Salhab e Filipe Edmo)
11. Santo velho (João Paulo Rosa e Valfrido Santiago) / Homenagem a Santino de Nazaré da Mata, mestre cirandeiro
12. O todo e o um (Adriano Salhab)
– ficha técnica –
Adriano Salhab (voz, percussão, violas, rabeca, baixo, teclado e bandolim – fx. 1-12) | Amanda Ferraresi (violoncelo – fx. 10 e 11) | Mazinho Lima (baixo – fx. 6; mineiros suingados? – quase em todas as faixas) | Wilson Feitosa (cavaquinho – fx. 5) | Hugo Lins (viola – fx. 7 e 11) | Anderson Kafé (congas – fx. 10) | Carina Iglesias (voz – fx. 6) | Coro Feminino: Jamille Queiroz, Mara Braga, Carina Iglésias | Produção musical e arranjos: Adriano Salhab | Arte de capa: Mariana Zanetti | Design gráfico: Cintia Viana | Fotos: Jennifer Glass | Técnico de gravação, mixagem e masterização: Diego Techera | Label manager: Felipe Edmo | Estúdio de gravação: YB Studios em novembro/dezembro de 2022 | Selo: Fervo Music | Distribuição digital: YB Music | Formato: CD digital | Ano: 2023 | Lançamento: 16 de julho | #* Ouça o álbum: clique no link.
.
Acompanhe Adriano Salhab & Forró Xique Xique: Instagram.
.
Série: Discografia da Música Brasileira / Canção popular / Forró.
* Publicado por ©Elfi Kürten Fenske


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES