Até o Último Homem (Hacksaw Ridge) - direção: Mel Gibson (2016)

“Admitir que há guerras justas é o mesmo
que admitir a existência de injustiças justas.”
– Carlos Drummond de Andrade, no livro “O Avesso das Coisas”. Rio de Janeiro: Editora Record, 2007.

“‘O filme de guerra’ é um gênero cinematográfico que de um lado se confunde com filmes de ação e épicos, principalmente quando são mostrados dramas históricos, enquanto por outro tem se prestado, ao longo da história, ao uso propagandístico ou patriótico dos governos de todos os países que, em maior ou menor grau, buscam obter dividendos através de obras que retratam conflitos pontuais ou do passado.”

Selecionamos 15 títulos sobre guerras disponíveis no catálogo da Netflix:

O menino do pijama listrado (2008)
Quando sua família se muda de Berlim para a Polônia, um menino faz amizade com um garoto do campo de concentração vizinho, sem saber que ele é um prisioneiro judeu.

O menino do pijama listrado (The Boy in the Striped Pyjamas) – direção: Mark Herman (2008)

A lista de Schindler (1993)
Oskar Schindler gasta toda a sua fortuna para ajudar a libertar 1.100 judeus de Auschwitz durante a Segunda Guerra Mundial.

A lista de Schindler (Schindler’s List) – direção: Steven Spielberg (1993)

A vida é bela (1997)
Um garçom judeu-italiano enviado a um campo de concentração nazista protege a inocência de seu filho fingindo que seu cativeiro é um elaborado jogo.

A vida é bela (La vita è bella) – direção: Roberto Benigni (1997)

Até o Último Homem (2016)
Durante a Segunda Guerra Mundial, um socorrista do exército se recusa a matar, mas consegue levar seu batalhão à vitória e iniciar o movimento de objeção por consciência.

Até o Último Homem (Hacksaw Ridge) – direção: Mel Gibson (2016)

Campos de Concentração Nazista (1945)
Imagens chocantes mostram campos de concentração, como Buchenwald e Ohrdruf, após a libertação, quando o Gen. Eisenhower ordena que os nazistas sigam para outras regiões.

Campos de Concentração Nazista (Nazi Concentration Camps)- direção: George Stevens (1945)

Bastardos inglórios (2009)
Uma garota judia, proprietária de um cinema na Paris ocupada, é forçada a apresentar um filme nazista quando soldados americanos, chamados de “bastardos”, planejam um ataque.

Bastardos inglórios (Inglourious Basterds) – direção: Quentin Tarantino (2009)

“Escutem – não existe nenhuma guerra que acabe com todas as guerras.”
– Haruki Murakami, no livro “Kafka à Beira-Mar”. [tradução Duarte Pedro Elói]. Lisboa, Edições 70, 2001.

Riphagen (2016)
Este filme biográfico retrata Andries Riphagen, um holandês que chantageava judeus escondidos durante a Segunda Guerra Mundial e foi responsável por centenas de mortes.

Riphagen – direção: Pieter Kuijpers (2016)

A espiã (2006)
Uma garota judia holandesa junta-se à resistência e luta na Segunda Guerra Mundial. Concorreu pela Holanda a uma vaga no Oscar 2007 de melhor filme estrangeiro.

A espiã (Elle) – direção: Paul Verhoeven (2006)

Um ato de liberdade (2008)
Na Segunda Guerra, quatro irmãos protegem mais de mil judeus dos campos de concentração. Puro suspense e ação baseados numa história real.

Um ato de liberdade (Defiance) – direção: Edward Zwick (2008)

Invasion 1897 (2014)
Querendo o controle das cobiçadas árvores de borracha, os exércitos coloniais britânicos se mudam para o Império de Benin, para depor o governante.

Invasion 1897 – direção: Lancelot Oduwa Imasuen (2014)

Patton – rebelde ou herói? (1970)
Essa produção acompanha o Gen. George S. Patton em suas campanhas pela África e Europa, revelando a personalidade de um homem cuja vida foi definida pela guerra.

Patton – rebelde ou herói? – direção: Franklin J. Schaffner (1970)

“Nunca houve uma guerra boa nem uma paz ruim.”
– Benjamin Franklin, em Carta a Josiah Quincy (11.9.1783)

Beasts of no Nation (2015)
Separado da família durante a guerra civil, um garoto africano é forçado a lutar ao lado de mercenários e tornar-se menino-soldado.

Beasts of no Nation – direção: Cary Joji Fukunaga(2015

Circulo de fogo (2001)
Acompanhe o embate entre dois dos maiores atiradores do mundo, o russo Vassili Zaitsev e o alemão Major König, neste drama cheio de suspense.

Circulo de fogo (Enemy at the Gates) – direção: Jean-Jacques Annaud(2001)

Um estado de liberdade (2016)
Baseado em fatos reais, a saga de um fazendeiro idealista e um bando de desertores da Guerra Civil lutando para criar um Estado inter-racial em pleno Sul dos EUA.

Um estado de liberdade (Free State) – direção: Gary Ross (2016)

Jadotville (2016)
Baseado nos eventos do Cerco de Jadotville, um batalhão de soldados irlandeses em missão de paz na África é cercado por mercenários e abandonado por seus superiores.

Jadotville – direção: Richie Smyth (2016)

Veja outros filmes – Netflix:
:: 9 filmes incríveis escondidos na Netflix
:: 5 filmes no Netflix que retratam a importância da Educação
:: 10 filmes de ficção científica e fantasia no Netflix 
:: 28 filmes incríveis que você tem que assistir no Netflix
:: 13 documentários e filmes dirigidos por Mulheres para ver no Netflix
:: 10 excelentes filmes estreiam na Netflix durante o mês de outubro (2017)
:: 17 filmes inesquecíveis que você precisa assistir na Netflix
:: 22 animações incríveis para você assistir com as crianças na Netflix

“É mais fácil mobilizar os homens para a guerra que para a paz. Ao longo da história, a Humanidade sempre foi levada a considerar a guerra como o meio mais eficaz de resolução de conflitos, e sempre os que governaram se serviram dos breves intervalos de paz para a preparação das guerras futuras. Mas foi sempre em nome da paz que todas as guerras foram declaradas.”
– José Saramago, em “Diário de Notícias” (2009)

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Revista Prosa Verso e Arte
Literatura - Artes e fotografia - Educação - Cultura e sociedade - Saúde e bem-estar

COMENTÁRIOS