quarta-feira, junho 19, 2024

Vicente Aleixandre: um mestre da linguagem poética em edição bilíngue

Pela primeira vez no Brasil um livro do Nobel de Literatura Vicente Aleixandre, poeta espanhol que marcou o século.
.
Nesta sua obra, A destruição ou o amor, Vicente Aleixandre atingiu a maturidade total do seu estilo poético, com uma escrita complexa e original marcada pelo surrealismo. Publicado na Espanha em 1935, recebeu o Prêmio Nacional de Poesia e é o principal livro da primeira fase do autor, que é um dos expoentes da chamada Geração de 27 e ganhador do Nobel de Literatura em 1977.

Aqui com tradução exclusiva do poeta Pedro Gonzaga, em edição bilíngue, e com prefácio do professor Ruben Daniel Castiglioni (UFRGS–CNPq).
.
A destruição ou o amor nasceu aparentando uma insatisfação de Aleixandre com certas limitações do estilo surrealista — ele simplesmente assimila o estilo em uma visão expandida que alguns chamaram de neo-romântica, pois em seu panteísmo místico o poeta abraça o próprio mundo em amor que consome. O autor move-se com grandiosidade nesse cosmos, sem Deus e sem homem civilizado, cumprindo o seu destino trágico através do amor como destruição.

revistaprosaversoearte.com - Vicente Aleixandre: um mestre da linguagem poética em edição bilíngue
Vicente Aleixandre, delante de su biblioteca ABC

Vicente Aleixandre (Sevilha, 1898–Madri, 1984) foi um dos principais poetas de língua espanhola, contemporâneo de García Lorca e outros nomes das artes que formaram a chamada Geração de 1927. Discreto e doente, ficou em seu país mesmo durante a guerra civil que manchou sua terra. Segundo o professor Carl W. Cobb (cujo artigo traduzido “A poesia, amor ou morte” nos serve de posfácio), Aleixandre pode ser comparado a Walt Whitman: “Como Whitman, Aleixandre é um poeta de uma visão telúrica e cósmica, do panteísmo místico, do imaginário erótico do corpo, do tema revolucionário, do verso livre maciço.”
.
O Prêmio Nobel confirmou-o como um dos maiores poetas espanhóis do século XX
.
Nesta sua obra, A destruição ou o amor, Vicente Aleixandre atingiu a maturidade total do seu estilo poético, com uma escrita complexa e original marcada pelo surrealismo.
.
Sobre o tradutor:
Pedro Gonzaga é tradutor, poeta e escritor gaúcho. Doutor em literatura pela UFRGS, tem diversas obras publicadas, como o recém lançado livro de poesia Porto Alegre Blues (Ardotempo, 2023).
.
revistaprosaversoearte.com - Vicente Aleixandre: um mestre da linguagem poética em edição bilíngueFICHA TÉCNICA
Título: A destruição ou o amor
Título original: La destrucción o el amor
Autor: Vicente Aleixandre
Tradução: Pedro Gonzaga
Prefácio: Ruben Castiglioni
Posfácio: Carl W. Cobb
Editora: Isto Edições
Tamanho: 15x21cm
Capa brochura com orelhas
Poesia. 192 páginas. Bilíngue.
ISBN 9786584935129
Compre o livro na Editora Isto Edições
Compre na Amazon também (clique aqui)
> Siga: @istoedicoes | @pdgonzaga | @rubendanielcastiglioni
.
“A poesia é uma sucessão de questões que o poeta constantemente pergunta. Cada poema, cada livro é uma demanda, uma solicitação, um interrogatório, e a resposta é tácita, implícita, mas também contínua, e o leitor responde ao autor através de sua leitura. É um diálogo requintado no qual o poeta questiona e o leitor silenciosamente dá sua resposta completa.”
– Vicente Aleixandre


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES