quarta-feira, junho 19, 2024

‘Todo mundo quer amar’, álbum de Zé Paulo Becker e Marcos Sacramento

‘Todo mundo quer amar’, um álbum que celebra as parcerias. Canções que nasceram nas mãos de Zé Paulo Becker e na pena de Paulo César Pinheiro para ganhar vida no violão de Zé Paulo e na voz de Marcos Sacramento.
.
“Todo mundo quer amar traz o samba popular em linhagem sofisticada.”
.
Zé Paulo Becker e Marcos Sacramento
por Beto Feitosa
‘Todo mundo quer amar’, um álbum que celebra as parcerias. Canções que nasceram nas mãos de Zé Paulo Becker e na pena de Paulo César Pinheiro para ganhar vida no violão de Zé Paulo e na voz de Marcos Sacramento. Três vértices da cultura brasileira formando um trio de grandes – e múltiplos – talentos.
.
A ideia original de Zé Paulo era registrar algumas composições inéditas para colocar na internet. Produção entre amigos logo pensou na voz de Sacramento, convite imediatamente aceito. A seleção inicial, feita pelos dois, tinha um forte traço em comum: todas tinham letra com a assinatura de Paulo César Pinheiro. Ali nascia a ideia de um disco.

Músicas de amor. Todas as 14 canções falam sobre o sentimento em tons variados. O tema universal é terreno fértil para o hábil letrista criar novas poesias. E elas chegam nas formas livres de sambas e suas vertentes. “Escuta o samba, chega pro samba, entra no samba, vem”, convidam de cara com intimidade e propriedade. Essas credenciais os três conhecem bem, estão em casa. Seja em arranjos que juntam uma verdadeira orquestra popular ou no intimismo da voz, do violão e do piano.
.
Marcos Sacramento é intérprete notório de vários sambas, mas seu repertório é amplo e abrange várias bossas brasileiras. Virtuose no violão, Zé Paulo Becker foi conquistado pela linguagem da música popular enquanto planejava se dedicar a um repertório erudito. Paulo César Pinheiro é poeta nato, compositor compulsivo, acumulando um dos maiores – e melhores – acervos de letras na música brasileira contemporânea.

O time convidado para agregar e executar esses arranjos é digno de qualquer seleção campeã. Além do próprio Zé Paulo Becker (violão e arranjos), traz Rogério Caetano no violão de sete cordas, Leandro Braga no piano, Bebê Kramer no acordeon, Márcio Almeida e Luciana Rabello revezando o cavaquinho. O naipe de sopros junta Humberto Araújo, Fabiano Segalote, José Arimatéa, Silvério Pontes e Rui Alvin. A cozinha fica com Pedro Aune no baixo acústico e nas percussões passam Flavinho Miúdo, Bernardo Aguiar, Paulino Dias e Marcelinho Moreira.
.
Todo mundo quer amar traz o samba popular em linhagem sofisticada. A poesia precisa de Paulo César, o violão elegante de Zé Paulo e a interpretação explosiva de Sacramento: um encontro que não tem chance de erro e nem dúvidas. “Moço com molejo e moça com cintura bamba / E quem é de fora até pára para admirar”. A gente samba junto.

revistaprosaversoearte.com - 'Todo mundo quer amar', álbum de Zé Paulo Becker e Marcos Sacramento
Capa do álbum ‘Todo mundo quer amar’ • Marcos Sacramento e Zé Paulo Becker • CD • Borandá • 2012

DISCO ‘TODO MUNDO QUER AMAR’ • Marcos Sacramento e Zé Paulo Becker • CD • Borandá • 2012 
Canções /compositores
1. A gente sabia (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
2. Remendo (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
3. Dois lados (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
4. Coisa fugaz (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
5. De madrugada (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
6. Coisa de amador (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
7. Sem rumo (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
8. Quem ama (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
9. No Clube Democrático (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
10. Temperamento (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
11. Conformação (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
12. Gata de ouro (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
13. Sistema (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
14. Convés (Zé Paulo Becker e Paulo César Pinheiro)
– ficha técnica –
Marcos Sacramento (voz – fx. 1-14) | Zé Paulo Becker (violão – fx. 1-14/ exceto fx. 7) | Rogério Caetano (violão de sete cordas – fx. 2, 3, 4, 6, 8, 9, 11, 12, 13) | Leandro Braga (piano – fx. 7, 13) | Bebê Kramer (acordeon – fx. 5, 8, 9) | Márcio Almeida ‘Hulk’ (cavaquinho – fx. 6, 13) | Luciana Rabello (cavaquinho – fx. 11, 12) | Pedro Aune (contrabaixo – fx. 1, 5, 7, 8, 10, 11) | Bernardo Aguiar (pandeiro – fx. 1, 3, 4, 5, 6, 10, 11, 12, 13) | Flavinho Miúdo (tamborim – fx. 1, 4, 8, 9; caixa – fx. 1; surdo – fx. 1, 3, 9) | Paulino Dias (tamborim – fx. 1, 11; cuíca – fx. 4; ganzá – fx. 4; surdo – fx. 4, 11) | Marcelinho Moreira (tamborim – fx. 1, 5, 9, 11; caixa – fx. 1; repique de mão – fx. 3, 6, 10, 13) | Humberto Araújo (sax tenor – fx. 1, 13; sax alto – fx. 1) | Fabiano Segalote (trombone – fx. 1) | José Arimatéa (trompete – fx. 1) | Silvério Pontes (trompete – fx. 1) | Rui Alvin (clarinete – fx. 2, 3, 5, 6, 11) || Arranjos: Zé Paulo Becker (fx. 2-14); e Zé Paulo Becker e Humberto Araújo (fx. 1) | Produção executiva: Alexandre Roberto de Oliveira e Tatiana Dascal | Gravação e mixagem: Miguel Fernandes Órfão | Gravado em julho, 2012 na Casa da Borandá – São Paulo – SP | Captação e edição de vídeo: Macondo Filmes (Sandro e Bel) | Apoio: Maria Braga Produções-MBP | Fotos: Edu Monteiro | Selo: Borandá | Cat.: BA0012 | Formato: CD / Digital | Ano: 2012 | #* Ouça o álbum: Spotify | Youtube.
.
>> Marcos Sacramento na rede: Site | Instagram | Facebook | Youtube | Spotify | Deezer.
>> Zé Paulo Becker na rede: Site | Instagram | Facebook | Linktree | Youtube | Spotify | Deezer.

Leia também:
:: ‘Caminho para o samba’, álbum de Marcos Sacramento.
.
.
Série: Discografia brasileira / Música Popular Brasileira / MPB / Canção.
Publicado por ©Elfi Kürten Fenske


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES