sábado, junho 15, 2024

“Revisitando Acústicos”, do Sete Cabeças, projeto de Charles Gavin, retorna ao Manouche para celebrar Rita Lee e Titãs

“Revisitando Acústicos”, do Sete Cabeças, Projeto de Charles Gavin, retorna ao Manouche para celebrar Rita Lee e Titãs
.
Depois de apresentações arrebatadoras, com casa cheia e aplausos do público, o Sete Cabeças, projeto de Charles Gavin, está de volta ao Manouche com o show “Revisitando Acústicos: Rita Lee e Titãs” nesta quinta, dia 13 de setembro. Este projeto retorna em hora mais que significativa, após a morte de Rita e o retorno de Gavin aos Titãs para a turnê de despedida que tem lotado os shows por todo o país.

A ideia do Sete Cabeças surgiu no início de 2022, antes desses acontecimentos, quando os shows começavam a retomar suas atividades. “Senti vontade de resgatar um repertório que proporcionasse momentos de leveza, alegria e felicidade. Diante disso, a lembrança dos Acústicos MTV se fez mais presente do que nunca. Na sequência, pensei em Luiz Brasil e no incrível ‘Acústico de Cassia Eller’, um álbum fantástico, produzido por ele e Nando Reis”, conta o baterista Gavin.
.
Daí veio a criação de um coletivo diversificado, com músicos de diferentes linhagens do cenário carioca, capaz de interpretar com personalidade, canções que habitam nossa memória afetiva, preservando, na medida do possível, as inesquecíveis releituras das históricas gravações dos Acústicos MTV. Tal missão — reproduzir a sonoridade dessas releituras — determinou o perfil do coletivo, batizado com o nome de Sete Cabeças.

“Convocamos Cris Caffarelli para os teclados, violão e vocais, Daniela Spielmann para os sopros, Pedro Coelho para o baixo e vocais, Felipe Ventura para o violino, guitarra e violão. Em seguida escolhemos os Acústicos de Rita Lee e Titãs, gravados respectivamente em 1998 e 1997, para o repertório do show. Luiz Brasil se encarregou das adaptações dos arranjos originais. Encontrar quem pudesse cantar este repertório com a devida legitimidade não foi uma tarefa fácil, demoramos meses. Porém o amigo e produtor Felipe Rodarte nos ajudou, indicando Drenna com quem trabalha em suas produções. Ela chegou e, rapidamente, pegou as canções de primeira, com muita propriedade, completando o septeto – daí o nome Sete Cabeças”, detalha Gavin.
.
O repertório traz dezesseis canções sendo que quinze estão presentes nos discos citados e uma delas, “Mamãe Natureza”, foi incluída por sua relevância na obra de Rita Lee Jones. É interessante observar que os Titãs participaram do Acústico Rita Lee, cantando “Papai, Me Empresta o Carro”. E Rita e Roberto de Carvalho gravaram uma versão de “Televisão” em estúdio, lançada no Acústico dos Titãs.

SERVIÇO
Show: Sete Cabeças, projeto de Charles Gavin, em “Revisitando Acústicos: Rita Lee e Titãs”
Local: Manouche (Rua Jardim Botânico, 983 – subsolo da Casa Camolese – Jd. Botânico
Data e horário: 13 de setembro, quarta, às 21h
Ingressos: R$ 70,00 (solidário com 1kg de alimento não perecível, estudante e idoso) e R$ 140,00 (inteira)
Capacidade: 100 lugares (público sentado)
* Vendas: clique aqui.


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES