segunda-feira, julho 22, 2024

Gaia Wilmer Sexteto lança álbum ‘Epiderme Desvairada’

Gaia Wilmer Sexteto lança ‘Epiderme Desvairada’. O Brasil Rural de Mário de Andrade – a famosa pesquisa do escritor e pianista musicada pela saxofonista e compositora catarinense
.
O sexteto formado por Gaia Wilmer (saxofone e teclados), Maiara Moraes (flautas), Josué dos Santos (flauta e saxofone), Fábio Leal (guitarra), Fi Maróstica (baixo) e Cléber Almeida (bateria e percussão), lançará no dia 27 de outubro, Epiderme Desvairada, segundo álbum do grupo. O trabalho é uma homenagem ao escritor, compositor, pianista e pesquisador Mário de Andrade, pelos 130 anos de seu nascimento, celebrados em 9 de outubro, e que conta também com a participação de Lívia Nestrovski (voz).

Nesse projeto, Gaia se utiliza das pesquisas lideradas por Mário, a famosa Missão de Pesquisas Folclóricas, das gravações coletadas por sua equipe e das melodias transcritas pelo próprio pesquisador para desenvolver um material musical que homenageia esse Brasil Rural, tão valorizado por este artista e pesquisador. Partindo desse intenso estudo das manifestações culturais brasileiras registradas por Mário ao longo de sua vida, Epiderme Desvairada conta com oito composições autorais de Gaia Wilmer (uma delas em parceria com Paulinho Brandão) e uma do próprio Mário de Andrade (Viola Quebrada).
.
Para Gaia, “Há anos tenho vontade de fazer algo com esse material e fico muito feliz que tenha chegado a hora com esse grupo que amo tanto, e que faz a minha música ter vida própria. Minha homenagem e meu amor a esse artista e pesquisador genial e ao nosso “Brasil Rural” como celebração dos cento e trinta anos de seu nascimento”.

Assim, através do estudo de ritmos e gêneros tradicionais do Brasil, junto com esse valioso material, Gaia desenvolveu o projeto inspirada nos regionalismos, nas festas tradicionais brasileiras, criando texturas modernas e surpreendentes, e dando espaço para cada integrante expressar sua própria brasilidade e musicalidade. Com uma instrumentação que remete tanto à urbanidade quanto às bandas de sopros e percussão regionais brasileiras, a formação deste sexteto transita entre o tradicional e o contemporâneo, a brasilidade e as leituras cosmopolitas modernistas, fonte de inspiração para Mário de Andrade.
.
Catarinense, a saxofonista, compositora, arranjadora e produtora musical, Gaia Wilmer se divide atualmente entre o Brasil e os Estados Unidos. Vem se destacando no cenário do jazz contemporâneo e da música instrumental brasileira com trabalhos autorais e colaborações que transitam entre o jazz, a música brasileira, a improvisação livre e elementos da música erudita, com uma linguagem única e criativa. Gaia já tocou ou produziu diferentes projetos com artistas como Guinga, Egberto Gismonti, Gilberto Gil, entre outros. Morou em Boston/EUA, onde formou-se em Jazz Composition na Berklee College of Music, e desenvolveu curso de mestrado no New England Conservatory. Em 2014 deu início ao seu primeiro trabalho autoral, o Gaia Wilmer Octeto. Outro projeto é a Gaia Wilmer Big Band, com o qual ganhou o Downbeat Award 2017 na categoria Melhor Arranjo para Big Band, com seu arranjo de “7 Anéis”.

revistaprosaversoearte.com - Gaia Wilmer Sexteto lança álbum 'Epiderme Desvairada'
Capa do álbum ‘Epiderme Desvairada’ • Gaia Wilmer Sexteto • Selo Independente • 2023

DISCO ‘EPIDERME DESVAIRADA’ • Gaia Wilmer Sexteto • Selo Independente • 2023
Canções / compositores
1. A viagem da tristeza (Gaia Wilmer)
2. Meu amor por onde está (Gaia Wilmer)
3. Maria Mangangá (Gaia Wilmer e Paulinho Brandão) | Participação especial Lívia Nestrovski
4. Menino da mata (Gaia Wilmer) | Participação especial Lívia Nestrovski
5. A morte do amor (Gaia Wilmer)
6. Meamaré (Gaia Wilmer)
7. Pirim pirim (Gaia Wilmer)
8. Viola quebrada (Mário de Andrade) | Participação especial Lívia Nestrovski
9. Flor, linda flor (Gaia Wilmer)
– ficha técnica –
Gaia Wilmer (sax alto e teclados) | Maiara Moraes (flautas) | Josué dos Santos (sax tenor e flauta) | Fábio Leal (guitarra) | Fi Maróstica (baixo) | Cleber Almeida (bateria) | Participação especial: Lívia Nestrovski (voz – fx. 3, 4 e 8) || Idealização do projeto: Gaia Wilmer e Elis Ribeirete | Coordenação geral: Gaia Wilmer e Elis Ribeirete | Gravado no estúdio da Pá Virada nos dias 15, 16 e 20 de dezembro de 2022 | Engenheiro de som e mixagem: Thiago “big” Rabello | Masterização: Maurício Gargel | Bordados: Julia Debasse | Design gráfico: Luisa Borja | Fotos: Dani Gurgel | Produção executiva: Elis Ribeirete/Design Próprio e Gaia Wilmer | Produção musical: Gaia Wilmer | Assessoria de imprensa: Débora Venturini | Selo: Independente | Formato: CD / Digital | Ano: 2023 | Lançamento: 27 de outubro | #* Ouça o álbum: clique aqui.
** Projeto realizado através do Edital ProAC Expresso Direto nº 38/2021 da proponente Gaia Petrelli Wilmer.

LEIA TAMBÉM
:: Álbum ‘Trem das Cores’ de Gaia Wilmer e Jaques Morelenbaum, em homenagem Caetano Veloso
.
.
>> Gaia Wilmer na rede: Site | Instagram | Facebook | Youtube | Spotify.
.
* Imagem (capa matéria): Gaia Wilmer Sexteto – foto © Dani Gurgel
.
Série: Discografia da Música Brasileira / Música Instrumental / Jazz.
Publicado por ©Elfi Kürten Fenske

.


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES