segunda-feira, junho 24, 2024

El Pavuna lança single ‘Dois corações’

Três anos após sua estreia no mercado fonográfico, com o lançamento do EP “Lado Bom” (Independente, 2020), EL PAVUNA inaugura uma nova fase na carreira com o projeto autoral “Flores e um Poema”. Produzido por Leandro Sapucahy, o trabalho é o primeiro de uma série de três EPs, que expõem a versatilidade criativa do cantor e compositor carioca. A primeira faixa, “Dois Corações” (El Pavuna / JP Ribeiro), chegou nos aplicativos de música e no YouTube, com distribuição da Tratore.
.
“Esse lançamento inaugura uma nova fase no meu trabalho, na minha vida. Estou muito feliz de poder trabalhar com o Jotinha, um ídolo pra mim. Acho que ele trouxe mais maturidade para o meu trabalho, junto com o Leandro Sapucahy. Estou num processo de amadurecimento artístico e pessoal e essa música evidencia isso.”, conta Thauan El Pavuna.

As canções do novo trabalho ganham forma com EL PAVUNA (voz), Leandro Sapucahy (surdo), Jota Moraes (teclados), Mauro Diniz (cavaco), Dudu Dias (baixo), Juan Felipe (banjo), Luciano Broa (bateria) e Davi dos Santos (violão). Sob a batuta de Sapucahy e arranjos do Maestro Jotinha, as músicas foram gravadas no estúdio SPK Produções, no Rio de Janeiro.
.
“Foi na festa de oito anos do projeto ‘Aos Novos Compositores’, que JP Ribeiro me trouxe a ideia de fazer uma música falando de dois corações – um para amar e outro para doer. Fizemos a canção ali, de uma forma muito bonita. JP é um parceiro muito querido, que divide outras autorias comigo. Alegria enorme lançar mais essa música com ele.”, El Pavuna.

Em “Flores e um Poema”, EL PAVUNA caminha por uma vertente sentimental e apresenta quatro sambas românticos. Além de “Dois Corações”, em lançamento, estão programadas as canções “Enredo de Cinema” (EL PAVUNA / Elvis Marlon), “Monamour” (EL PAVUNA) e “Prisão Que Foi te Amar” (EL PAVUNA).

“Doeu te perder de vista
Por favor, não insista
Eu não resisto ao seu adeus
.
Te amar é graça
Calma, que passa
Não despedaça eu”
(Dois Corações – EL PAVUNA / JP Ribeiro)

revistaprosaversoearte.com - El Pavuna lança single ‘Dois corações’
Capa do single ‘Dois Corações’ • El Pavuna • Selo Independente / Distribuição Tratore • 2023

SINGLE ‘DOIS CORAÇÕES’ • El Pavuna • Selo Independente / Distribuição Tratore • 2023
Canção / compositores
:: Dois Corações, de El Pavuna e JP Ribeiro
– ficha técnica –
EL Pavuna (voz) | Jota Moraes (teclados) | Mauro Diniz (cavaco) | Davi dos Santos (violão) | Dudu Dias (contrabaixo) | Juan Fellipe (banjo) || Bruno Gama (pandeiro) | Leozinha Bradock (tantã) | Luciano Broa (bateria) | Coro: Amanda Amado, LG || Produção musical: Leandro Sapucahy | Arranjos: Jota Moraes | Engenharia de som, mixagem e masterização: Roberto Junior / Estúdio SPK Produções | Capa do single desenvolvida por Deloop Digital a partir de foto de Márcia Moreira | Fotos divulgação: Márcia Moreira | Assessoria de imprensa: Vivi Drumond / Somar Comunicação Integrada | Selo: Independente | Distribuição: Tratore | Formato: Single digital | Ano: 2023 | Lançamento: 23 de novembro | #* Ouça o single: clique aqui

revistaprosaversoearte.com - El Pavuna lança single ‘Dois corações’
El Pavuna – foto © Marcia Moreira

Sobre El Pavuna
Nascido em 1994 na Pavuna, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro, Thauan “EL PAVUNA” foi revelado como uma nova potência musical nas rodas cariocas pelo coletivo autoral “Aos Novos Compositores”, que desde 2015 acontece na Lapa (RJ) e foi ponto de partida para os palcos por onde o artista vem se apresentando. E é na Pavuna que ele comanda a roda de samba “Feirinha do Pavuna”, que faz parte do calendário local.
.
Essa trajetória ascendente, contabiliza uma gravação em dueto com o mestre Jorge Aragão, logo em seu álbum de estreia, “Vide o Céu da Zona Norte às Cinco e Meia” (2021), que tem a consagrada produção de Wilson Prateado. A faixa de trabalho, “O Amor Não Vai Morrer”, um samba romântico autoral, entrou em importantes playlists editoriais do Spotify, como “Pagode Romântico” e “Pagodin”.

O artista gosta de trazer para si alguns dos clássicos que remontam sua memória afetiva e de visitar canções que não são suas ou de seu gênero musical atribuído. Foi assim com “Dia Branco”, de Geraldo Azevedo e Renato Rocha, single que lançou em março de 2022. Em julho do mesmo ano, foi a vez de “Quando o Amor Acontece”, balada romântica composta por João Bosco em parceria com Abel Silva. E, em dezembro, El Pavuna dividiu os vocais com Dudu Nobre, no bem-humorado partido-alto “Chocotone”. Ambas as músicas ganharam novos ares no universo do samba pelas mãos do produtor musical Wilson Prateado.
.
EL PAVUNA participou do Rock in Rio 2022, no Espaço Favela, no mesmo line-up de Ferrugem e Orochi, e botou a Cidade do Rock pra sambar. O jovem e múltiplo artista também é ator: a curiosidade e a inquietude o levaram a estudar teatro n’O Tablado, realizando diversos trabalhos como ator em produções no teatro, na TV e no cinema. Atualmente pode ser visto em diversas produções nacionais, como na série “Impuros”, do Star+.
.
.
Série: Discografia da Música Brasileira /  Canção / Pagode / Single / videoclipe.
* Publicado por ©Elfi Kürten Fenske

 

.

 

.


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES