Andy Warhol, Frida Kahlo, Keith Haring e Jean-Michel. Basquiat - por Eduardo Kobra

Obras do artista brasileiro encantam o mundo inteiro!

“Não tem diferença nenhuma da obra que é pintada numa galeria, num museu, ou que está na rua. Tudo é arte”, afirma o muralista Eduardo Kobra.

Se a arte de rua está sujeita às variações do clima, às transformações urbanas e à gestão das cidades, como preservar as obras que decoram os muros e as fachadas de prédios e casas? Essa é uma das preocupações do muralista Eduardo Kobra, que acha importante que as próximas gerações possam ver e ter acesso a esses trabalhos. “Da mesma forma que a gente entra numa galeria de arte e vê obras que foram pintadas 500 anos atrás, eu não acho que é legal remover ou apagar obras que estão sendo feitas nas ruas porque não há diferença de qualidade.”

“Os muros para mim são suportes para me comunicar, para falar de tudo o que me incomoda, tudo o que poderia ser mudado ou melhorado. Por isso que eu faço murais contra a violência, contra o racismo”, afirma Kobra. O artista já levou suas cores para todos os continentes retratando personalidades que viraram símbolos na defesa da paz, como Nelson Mandela, Madre Teresa de Calcutá, Mahatma Gandhi, Malala, entre outros.

O artista, que nasceu na periferia de São Paulo e entrou numa galeria de arte pela primeira vez aos 20 anos, diz que precisou fazer renúncias e persistir para seguir fazendo arte. “Se fosse pelas circunstâncias eu teria parado lá atrás. Mas eu resolvi, mesmo que tudo fosse contrário, seguir acreditando naquilo que Deus tinha colocado no meu coração”, conta.

Um dos artistas de rua mais conhecidos e populares da atualidade não para de inaugurar novos trabalhos. Veja onde encontrá-los:

Mural de Eduardo Kobra em São Luís do Maranhão (2017)

A obra tem 400 metros quadrados, criado como uma prateleira de livros; faz um passeio pela riqueza literária do Maranhão e ilustra algumas obras dos escritores Gonçalves Dias e Ferreira Gullar, além de ressaltar pelas cores, azulejos e figuras do folclore, a riqueza histórica e cultural do estado. A inspiração para o mural só surgiu após Eduardo Kobra chegar a São Luís e descobrir os títulos de Atenas Brasileira e patrimônio cultural da humanidade. O muralista Eduardo Kobra fez um mural em São Luís, no bairro Ponta D’Areia, prestando homenagem aos 405 anos da cidade, comemorados em 8 de setembro de 2017.

https://www.instagram.com/p/nO01yChJvc/

https://www.instagram.com/p/BhJUt92lDh_/

:: Outros trabalhos de Eduardo KobraAQUI!

 

*Com informações da Agência Brasil/EBC.

RECOMENDAMOS







Literatura - Artes e fotografia - Educação - Cultura e sociedade - Saúde e bem-estar