sexta-feira, junho 14, 2024

Ciranda Cultural lança pelo selo Principis livro premiado sobre transtornos alimentares em novela gráfica

Jovem autora madrilena usou as próprias experiências de quando sofreu de anorexia para criar a narrativa. Na obra ‘Comendo Com Medo’, o transtorno se chama Nore, e é um monstro que acompanha a personagem central
.
Escrito a partir das experiências da própria autora, que resolveu retratar em novela gráfica o processo que vivenciou quando foi acometida por anorexia.

Retratado como um monstro que acompanha a protagonista, a narrativa mostra desde os motivos que a levaram a se deixar levar por tais pensamentos e comportamentos destrutivos até as dificuldades com as quais se deparou para encontrar o tratamento adequado para alcançar a cura.
.
No final, há breves textos informativos sobre os diferentes transtornos alimentares.
.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 4,7% dos brasileiros sofre de distúrbios alimentares, no entanto, na adolescência, esse índice chega até a 10%.

O desenvolvimento de um quadro específico de transtorno alimentar é consequência da combinação de diversos fatores, entre eles as dietas restritivas, a imposição midiática do corpo ideal, e os fatores hormonais típicos da adolescência.
.
O livro de Elisabeth pode ser bastante esclarecedor aos pais e, sobretudo, aos adolescentes em fase de construção e afirmação da autoimagem.

revistaprosaversoearte.com - Ciranda Cultural lança pelo selo Principis livro premiado sobre transtornos alimentares em novela gráfica

Sinopse
Como qualquer adolescente, Elisabeth não tem uma vida simples: os pais se divorciaram, ela mudou de escola, suas notas caíram e as pessoas saem de sua vida logo que entram. Além dessas questões existenciais, há algo que a diferencia das outras pessoas: Elisabeth tem Nore. Nore a acompanha em todas as horas, faz com que ela se sinta segura e lhe diz que ela fica bonita quando perde peso. Nore também a proíbe de comer, controla suas calorias e a repreende, caso ela não preste atenção nele. Mas Elisabeth o escuta. Até o dia que o corpo dela chega ao limite e ela é internada na Sala Branca, onde monstros como Nore não podem entrar…
.
Elisabeth Karin Pavón Rymer-Rythén mora em Madri desde quando nasceu em 1995, é designer e ilustradora, e nos tempos livres se dedica à cerâmica, pintura e escultura. Em seu processo criativo, gosta de focar na importância de contar histórias, transformando todos os seus trabalhos em uma história. No livro Comendo com medo, Elisabeth pretende falar abertamente sobre os transtornos alimentares e a violência da cultura alimentar e da imagem em nossa sociedade.
.
Trabalhou para editoriais como Norma Editorial e Piezas Azules.
.
Em 2022 publica sua primeira novela gráfica: Comendo com Medo, publicada por Astronave e ganhadora do prêmio Nadine 2020. Um projeto onde se adentra na problematicada anorexia desde sua própria experiência e onde pretende informar, divulgar e saber sobre o TCA a través da ilustração.

revistaprosaversoearte.com - Ciranda Cultural lança pelo selo Principis livro premiado sobre transtornos alimentares em novela gráficaFICHA TÉCNICA
Título: Comendo com Medo
Autora e ilustradora: Elisabeth Karin Rymer-Rythén
Tradução: Eva Rampazo
Editora: Principis
Edição: 1ª, 2024
Idioma: Português
Páginas: 176
Dimensões: L 15.50 x A 22.60 x E 1.00
ISBN: 9786550971311
Linha Editorial: Principis – Graphic novels
Faixa Etária: + 14 anos
Assuntos: Anorexia, Transtorno alimentar, Saúde mental, Saúde, Doença, Autoconhecimento, Insegurança, Ansiedade
Preço sugerido – R$ 29,90
* Compre o livro: clique aqui / ou AMAZON
.
>> Siga: @livrosprincipis | @‌elisabeth.karin
.
.

.

.

.


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES