sexta-feira, julho 19, 2024

Casa do Choro | Programação do Auditório Radamés Gnattali – dias 6 e 7 de dezembro

A Casa do Choro recebe os shows ‘Uma Homenagem a Altamiro Carrilho’, dentro da série Pratas da Casa e ‘Tanto mar’ da cantora portuguesa Helena Sarmento
.
A Casa do Choro recebe no dia 6 de dezembro, quarta-feira, às 19h, uma Homenagem a Altamiro Carrilho com um conjunto liderado por seu sobrinho, o violonista e arranjador Maurício Carrilho. A apresentação abre o calendário de comemorações pelo centenário do grande flautista e compositor, a se completar em 2024. No palco, Mauricio Carrilho ao violão, Luciana Rabello no cavaquinho, Tomaz Retz na flauta, Aquiles Moraes no trompete e Marcus Thadeu na percussão.
.
A série Pratas da Casa faz parte do Plano Anual da Casa do Choro em 2023, que contempla uma série de ações culturais que contemplam as linhas principais de atuação do Instituto Casa do Choro, que são educação, memória e performance. Neste Plano está a série Pratas da Casa, que tem a proposta de levar ao palco do Auditório Radamés Gnattali apresentações musicais reunindo alunos, ex-alunos e professores da Casa do Choro / EPM.

Estes encontros de gerações acontecem a partir do diálogo educacional praticado pelo Instituto há mais de 20 anos através das oficinas da EPM. Este diálogo tem como suporte fundamental o acervo da Casa do Choro – maior conjunto de partituras reunido numa única instituição. Neste plano anual está prevista a digitalização de mais de 250 partituras e a elaboração de duas apostilas didáticas de repertório que serão usadas em aula e nas apresentações.
.
Além de disso, o Plano prevê ações virtuais de maneira a fazer a Casa do Choro chegar aos apaixonados pelo gênero musical que estão fora do Rio de Janeiro: seminários sobre o que há de mais atual na pesquisa sobre choro e uma visita guiada apresentando a Casa e suas atividades num conteúdo digital legendado e acessível. Também fazem parte do plano concertos didáticos realizados em escolas da rede pública de ensino do Rio de Janeiro.

O Plano Anual da Casa do Choro em 2023 é uma realização da Casa do Choro com patrocínio da Icatu, da CNPC e do escritório Sérgio Bermudes Advogados, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura – a Lei Rouanet.

SERVIÇO
Homenagem a Altamiro Carrilho – Casa do Choro | série Pratas da Casa
Data: 6 dezembro – 2023 | Quarta-feira
Horas: 19:00
OndeAuditório Radamés Gnattali – Casa do Choro
Endereço: Rua da Carioca, 38 – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Ingressos à venda no site Symplaclique aqui
Mais informações@casadochoro

revistaprosaversoearte.com - Casa do Choro | Programação do Auditório Radamés Gnattali - dias 6 e 7 de dezembro
Helena Sarmento na Casa do Choro

SHOW ‘TANTO MAR’ . HELENA SARMENTO | 7 DEZEMBRO | 19H
Já na quinta-feira, dia 7 de dezembro, às 19h, o auditório apresenta “TANTO MAR”, show da cantora portuguesa Helena Sarmento. É uma viagem entre o fado e a música tradicional brasileira, elegendo a poesia e o sentimento como bússola da travessia. A poesia lírica, presente em tantas canções brasileiras, encontra na intensidade dramática do fado um enorme fulgor. O ouvinte fica suspenso, não sabendo, várias vezes, distinguir um fado de uma canção do Brasil. Chega-se a voar sobre mares que separam terras e povos na procura do que somos quando nos cruzamos. Afinal, seja pela imensa dor, seja pelo imenso prazer, o fado é vida. É um encontro, entre a alma de quem canta e a alma de quem escuta. E se o fado é a música dos grandes sentimentos, a poesia brasileira está repleta de fado. Esse critério – o da poesia lírica como fio condutor da escolha do repertório – tornou muito orgânica e intuitiva a seleção das várias canções brasileiras que fazem parte do alinhamento de Tanto Mar, cujas letras têm temáticas (o amor, a solidão, a saudade…) com muita afinidade com o universo do fado. A contribuir também para a unidade e coerência do repertório está o bandolim brasileiro, instrumento solista do concerto. Ele e a guitarra portuguesa, intrinsecamente ligados desde a origem, denotam a sinergia harmónica proposta neste projecto. É um concerto que se propõe celebrar o afeto entre dois países irmãos, com tanto em comum para além dos mais inequívocos elementos que (n)os unem: a língua e a palavra.
.
Com Helena Sarmento – voz | Pedro Aragão – bandolim (e direção musical) | Marlon Júlio – violões de 6 e 7 cordas | Pedro Aune – contrabaixo | Marcus Thadeu – percussão | Nina Wirtti – voz (part. especial) Apoio: IBERMÚSICAS
.
>> Compre seu ingresso AQUI!


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES