Dando sequência ao CD Circular (2017), Carlos Ezequiel lança nas plataformas digitais no dia 1 de dezembro, Circular II, álbum em que explora sonoridades e inspirações a partir de experiências musicais vividas em lugares como Índia, Senegal, Escandinávia, EUA e América do Sul. Nesse trabalho, o músico também faz uma homenagem ao percussionista Naná Vasconcelos (1944 – 2016).
.
O título do disco se refere à ideia de ritmo como um fenômeno circular, uma característica da música da África e suas ramificações nas Américas. Carlos Ezequiel (bateria) está ao lado dos músicos Josué dos Santos (sax), Fernando Correa (guitarra), Gustavo Bugni (piano) e Noa Stroeter (contrabaixo).

Circular II apresenta composições de Carlos Ezequiel, como Naná, The Other Side, Shift In, Shift Out e a faixa que dá nome ao disco. Completam o repertório, Samba pro Carlos (Nenê) e Não Exatamente (Gustavo Bugni).
.
Carlos Ezequiel é baterista, compositor e produtor de Jazz e Música Instrumental Brasileira. Natural de Maceió, Carlos residiu nos EUA nos anos 90, onde tocou com artistas como Jaleel Shaw e Vardan Ovsepian. De volta ao Brasil desde o ano 2000, foi indicado aos prêmios Visa, Grammy Latino e Prêmio da Música Brasileira. Com mais de 20 anos de carreira, reside em São Paulo. Tocou no Brasil com grandes nomes do jazz internacional, como Kurt Rosenwinkel, Lage Lund, George Garzone.

Tocou e produziu os discos “Aluê” do percussionista Airto Moreira (Selo Sesc, 2017) e “A Saga da Travessia” de Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz (Selo Sesc, 2016). Em 2019, apresentou-se com o Carlos Ezequiel Quartet por 3 noites no Ronnie Scott`s Jazz Club, em Londres. Atuou diversas vezes na Europa e Ásia em turnês com artistas como o brasileiro Airto Moreira, o Tinlandês Pekka Pylkkanen, e o irlandês Ronan Guilfoyle, entre outros. Gravou o CD “Copenhagen Sao Paulo” com os dinamarqueses Thomas Walbum e Thomas Maintz, com turnê de lançamento na Europa em 2013. Passou ainda por Coreia do Sul, Japão, Hong Kong, Montenegro, Áustria, Itália, Finlândia, Suécia, Irlanda, Suíça, França, Alemanha, Holanda, EUA, e América do Sul.

 

revistaprosaversoearte.com - Carlos Ezequiel lança álbum ‘Circular II’
Capa do álbum ‘Circular II’ • Carlos Ezequiel • Selo Independente / distribuição Tratore • 2023

DISCO ‘CIRCULAR II’ • Carlos Ezequiel • Selo Independente / distribuição Tratore • 2023
Canções / compositores
1. Shift in (Carlos Ezequiel)
2. Circular II (Carlos Ezequiel)
3. The other side (Carlos Ezequiel)
4. Naná (Carlos Ezequiel)
5. Não exatamente (Gustavo Bugni)
6. Samba pro Carlos (Realcino Lima “Nenê”)
7. Shift out (Carlos Ezequiel)
– ficha técnica –
Carlos Ezequiel (bateria / programação de samplers em “Shift In” e “Shift Out”) | Josué dos Santos (saxofones) | Fernando Corrêa (guitarra) | Gustavo Bugni (piano) | Noa Stroeter (contrabaixo acústico) || Produção musical e artística: Carlos Ezequiel | Arranjos: Carlos Ezequiel e Gustavo Bugni | Gravado Ao Vivo no Estúdio Giba Favery (SP) | Técnico de gravação: Helio Ishitani | Mixagem e masterização: Carlos Ezequiel, em Luca Studios – Maceió/AL | Arte gráfica: Carlos Ezequiel | Fotos: Victor Kobayashi | Assessoria de imprensa: Débora Venturini | Selo: Independente | Distribuição: Tratore | Formato: CD / Digital | Ano: 2023 | Lançamento: 1 de dezembro | #* Ouça o álbum: clique aqui
> Siga: @carlosezequiel.jazz
.
.
Série: Discografia da Música Brasileira / Música instrumental / Jazz / Álbum.
* Publicado por ©Elfi Kürten Fenske
.

.

.







Literatura - Artes e fotografia - Educação - Cultura e sociedade - Saúde e bem-estar