sexta-feira, junho 14, 2024

Camerata de Violões apresenta o 2º Concerto Didático da Escola de Música da Rocinha

A Camerata de Violões será a atração no 2º Concerto Didático de 2024 promovido pela da Escola de Música da Rocinha no dia 28/5, terça-feira, às 18h. Com abertura do grupo Oitava Aumentada, a entrada é franca no auditório do Centro de Cidadania Rinaldo Delamare, em São Conrado – Rio de Janeiro.
.
O grupo Oitava Aumentada é formado por professores e monitores da EMR. Apresentam um repertório popular com caráter erudito, com arranjos de Alexandre Luiz, Luciana Requião, Paulo Victor, entre outros. Os Concertos Didáticos da EMR com 1h30 hora de duração reúnem apresentações gratuitas dedicadas aos estudantes do ensino fundamental, médio e instituições sociais. São feitas sob medida para que crianças e adolescentes deem seus primeiros passos na música.

Camerata de Violões
Vivendo uma nova fase, a Camerata de Violões agrega à sua trajetória o fundamental apoio e parceria do Centro de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET-RJ), instituição de excelência que possui um relevante histórico de serviços prestados à sociedade brasileira. Uma confluência natural para um conjunto que é integrado por músicos que são também professores e pesquisadores, e que, através do seu extenso repertório, tem como uma de suas marcas a contribuição para o desenvolvimento do instrumento e da música de câmara ligada ao violão.
.
A Camerata de Violões caracterizou-se, em sua trajetória, por interpretar majoritariamente compositores brasileiros. Entretanto, no DVD “Cordas Clássicas”, seu novo projeto, a Camerata também visita a obra de compositores de outros países: europeus, como o francês Claude Debussy e o húngaro Béla Bartók, e latino-americanos, como o argentino Alberto Ginastera e o cubano Leo Brouwer, que se somam aos brasileiros Henrique Oswald, Heitor Villa-Lobos, Lorenzo Fernandez e Eduardo Gatto.
.
Integrantes: Artur Gouvêa, Marco Lima, Rogério Borda, Adriano Furtado, Fabio Nin, Luciano Camara, Bruno Ferrão, Valmyr de Oliveira.

Sobre a Escola de Música da Rocinha
A EMR tem a chancela da UNESCO e é registrada no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e há cinco anos oferece apoio especializado para alunos com deficiência intelectual, como síndrome de Down e autismo, buscando a socialização e a melhoria do aprendizado deles na escola regular por meio do ensino da música.
.
Desde sua fundação em 1994 pelo professor de música alemão, Hans Koch, a Escola dedica-se ao trabalho de desenvolvimento social através da musicalização. Já incentivou o ensino musical para milhares de crianças e jovens da Rocinha e hoje tem 400 alunos matriculados.

Em 2004 se transferiu para o 17º andar do Centro Municipal de Cidadania Rinaldo De Lamare, ampliando seu atendimento para os moradores do Vidigal, Parque da Cidade e Vila Canoas. Além da sede, a escola possui outros dois polos fora da Rocinha: Espaço Social da Muzema – O Cisco e o Instituto Emunah, em Vila Taboinhas.
.
O Auditório de 100 lugares fica no 18º andar do Centro de Cidadania Rinaldo Delamare (Av. Niemeyer 776 – São Conrado). Para a entrada gratuita o público deverá chegar ao local com 30 minutos de antecedência, sujeito a lotação.


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES