segunda-feira, julho 15, 2024

Badi Assad apresenta o álbum ‘Ilha’ no Rio de Janeiro

Entre uma viagem e outra pelo Brasil e pelo mundo, a cantora, compositora e violonista Badi Assad apresentará o espetáculo Ilha, em formato solo, baseado em seu mais recente álbum, no dia 10 de janeiro, quarta-feira, às 19 horas, no Festival de Verão no Dolores Clube. Nesse disco, a artista tem parcerias com grandes nomes da música popular Brasileira.
.
Produzido por Márcio Arantes – conhecido por trabalhos com Maria Bethânia, Emicida e Mariana Aydar, com quem ganhou o Latin Grammy Awards como produtor, por “Melhor Álbum de Música de Raiz”-, o novo álbum da artista, “Ilha” traz um diálogo entre diferentes gerações acerca de reflexões sobre o início de um novo mundo e as escolhas que faremos para essa nova construção, recheando-se de reflexões poéticas a partir de uma visão universal sobre o ser humano.

O repertório é composto por seis canções inéditas e duas recém lançadas, a autoral “Eterno” e a composta em parceria com Lucina, “Fruto”. “Do silêncio veio o som”, “Traga-me”, “Ilha das Flores”, “Olhos d’água” e “Palavra” foram compostas em parceria com Chico César, Alzira E e Lívia Mattos. “Ilha do Amar”, com Dani Black. “São reflexões e sentimentos sobre o lugar de onde viemos, sobre as energias opostas e complementares feminina e masculina, sobre ter encontrado um lugar seguro, representado por uma Ilha”, explica Badi.

Sobre Badi Assad
“One woman band” (Uma mulher banda). Foi dessa forma que a imprensa Norte-americana carinhosamente apelidou Badi Assad, diante de seu virtuosismo ao misturar sua voz, seu violão e percussão em suas composições. Não por acaso, a Guitar Player a escolheu entre os 100 melhores artistas do mundo e Classical Guitar considerou-a, junto com artistas como AniDiFranco, Ben Harper e Tom Morello, um dos 10 jovens talentos que revolucionariam o uso dos violões nos anos 1990. Batizada como Mariângela Assad Simão, nasceu em 1966, em São João da Boa Vista (SP), mudando em seguida para o Rio de Janeiro, com seus pais, que decidiram proporcionar aos seus irmãos Sérgio e Odair, aulas de violão clássico. Em meados dos anos 1980, já como Duo Assad, eles ganharam reconhecimento e popularidade internacionais.

Badi seguiu os passos dos irmãos. Aprendeu piano ainda criança, mas já aos 14 anos, conquistava o primeiro prêmio como violonista. E então são 19 álbuns ao longo da carreira, sendo que um deles, o Wonderland (2006), selecionado entre os 100 melhores da BBC de Londres e um dos 30 melhores da Amazon. Em 1998, se mudou para os EUA, para investir em sua carreira e lançou ‘Chameleon’, com repertório composto majoritariamente por suas músicas, em parceria com o ex-integrante da banda ‘Megadeth’, Jeff Scott Young. O álbum foi um sucesso internacional e sua música ‘Waves’ ficou entre as dez mais tocadas durante semanas na Espanha, assim como foi escolhida para integrar a trilha do filme ‘It runs in the family’ (com Michael e Kirk Douglas).

Badi também compôs para o público infantil, conquistou diversos prêmios e foi incluída na lista dos 70 mestres da história Brasileira do violão, sendo uma entre as três mulheres, assim como a única representante feminina de sua geração, pela Rolling Stones/BR. Não por acaso, a Guitar Player a escolheu entre os 100 melhores artistas do mundo e Classical Guitar considerou-a, junto com artistas como AniDiFranco, Ben Harper e Tom Morello, um dos 10 jovens talentos que revolucionariam o uso dos violões nos anos 1990.
.
Em 2015, Badi foi convidada para trabalhar com a organização, sediada em Chicago, GATC (Genesis at the Crossroads), que tem como foco principal a construção da paz mundial. Com eles Badi integra, como violonista e vocalista, o grupo multicultural Saffron Caravan, ao lado do vocalista marroquino Aaron Besoussan, do virtuoso alaudista israelense-árabe, Haytham Safia e do percussionista venezuelano Javier Saumme. Além disso, ela atua como palestrante nas mesas redondas promovidas pela GTCA sobre artes e transformação de conflitos, assim como é responsável pelo programa de música para o Genesis Academy Summer Institute, um programa educacional de treinamento de liderança e construção da paz para jovens internacionais de áreas de conflito.

 

revistaprosaversoearte.com - Badi Assad apresenta o álbum ‘Ilha’ no Rio de Janeiro
Badi Assad – foto © Gal Oppido

SERVIÇO
Badi Assad apresenta “Ilha” – no Festival de Verão no Dolores Clube
Local: Dolores Clube – R. do Lavradio, 10, Rio de Janeiro – Rio de Janeiro
Data e horário: 10 de janeiro, quarta-feira, às 19 horas
Preço: R$40
Vendas: clique aqui.

——–.
LEIA TAMBÉM
:: Badi Assad lança single ‘Waves’
:: ‘Só Louco’ clássico de Dorival Caymmi é regravado por Badi Assad e Fabio Nogara
:: ‘Ilha’, álbum de Badi Assad

 

.

 

.


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES