quinta-feira, junho 20, 2024

A cantora e compositora Tuini lança “Poesia”, single e clipe do seu segundo disco autoral

No próximo dia 1 de setembro a cantora e compositora Tuini lança o single autoral Poesia, juntamente com o clipe contemplado no Edital de Cultura Sesi-Firjan-2023. A canção tem arranjo, violões e direção musical de Diogo Sili, além do primoroso violoncelo de Maria Clara Valle. Foi gravada no Estúdio Boca do Mato sob o comando de Daniel Sili. O clipe traz uma combinação de animações em aquarela – realizadas pela artista visual premiada Ilana Paterman Brasil – e de imagens reais. Tuini assina a concepção, o roteiro e a co-direção, juntamente com o artista e filmaker Marcelo Fedrá, também responsável pela filmagem e edição.

A canção Poesia, com grande influência do cancioneiro popular, tem o cantador Elomar como inspiração para a composição da sua estrutura melódica e harmônica. Seus versos trazem a compreensão de que a poesia pode “alinhavar a vida” e fazer brilhar os sentidos do mundo. Como diz a canção, a poesia “inda que seja tardia, inda que seja pequena, vem imprimindo na pele que essa vida vale a pena.”
.
O single irá compor o segundo disco autoral da artista, a ser lançado em 2024 e contará também com a direção musical de Diogo Sili. Encanto, o primeiro disco autoral de Tuini lançado em 2021 alcançou mais de 11 mil plays no spotify e os clipes das canções Navegante e Janela, presentes do repertório de Encanto, tiveram somados mais de 33.000 visualizações no Youtube. Encanto obteve ótimos retornos do público e da crítica especializada.
.
Nesse momento, a artista começa então a alçar novos vôos iniciando uma nova sequência de lançamentos ligados ao seu próximo álbum, em processo de produção. Este segundo trabalho autoral irá contar com parcerias valiosas como Renato Frazão, Thiago Thiago de Mello entre outros. Segundo Tuini, Manto de Canção (nome de seu segundo disco autoral) trará também a força do sagrado e da contemplação da natureza, mas acolhendo a nossa humanidade, encostando na pele, abraçando nossas vulnerabilidades e nossas fraquezas, trazendo ritmo e brasilidade.

“A canção Poesia vem com esse impulso, de contemplação e de acolhimento da nossa própria humanidade. Vem trazendo essa lembrança de que ainda existe a poesia, de que ela pode salvar a vida, fazendo com que a gente possa se reconectar com o que viemos fazer aqui nessa Terra. Todos e todas que estão aqui, pra mim, de alguma forma vieram trazer mais poesia para o mundo. Cada um do seu jeito, cada um com seus dons, cada um com seu talento. É disso que fala esse trabalho” – afirma a cantora e compositora, que, como dito anteriormente, escolheu a aquarela como uma das linguagens visuais para compor o clipe, a ser lançado, juntamente com o single, no dia 1/9 em seu canal do Youtube.
.
Segundo Tuini, antes mesmo de ser premiada no edital, ela já imaginava o clipe da canção Poesia com animações de aquarela. A compositora afirma ter escolhido essa linguagem pela sua capacidade de criar leveza e suavidade, instaurando um mundo próprio de sonho e cor, para além da dureza e da concretude da vida cotidiana. Um mundo de poesia.

Tuini já conhecia o trabalho da artista visual Ilana Paterman Brasil e convidou-a para desenvolver as animações. Foram confeccionados cerca de 420 desenhos em aquarela, ao longo de 20 dias. A técnica, chamada rotoscopia, consiste na criação de pinturas no papel a partir de imagens gravadas em vídeo. Na animação, um passarinho de origami alça vôo guiando Tuini pelo mundo da poesia. Essa caminhada lhe reserva um lindo presente: um manto de cores que transita entre os dois “mundos”, e se transforma no pivô de uma dança circular repleta de beleza e cor.
.
As imagens “reais” foram gravadas numa antiga casa em Nova Friburgo, residência do professor de pintura em aquarela de Tuini. A artista descobriu recentemente a paixão pela pintura em aquarela e, segundo ela, unir todas essas pulsões artísticas em uma obra é motivo de extrema alegria. A filmagem, a edição e a co-direção ficam por conta do músico e filmaker Marcelo Fedrá, que com talento e sensibilidade fez a costura final do clipe. A coloração precisa é de Bernardo Neder. Em meados de setembro, também será lançado, no mesmo canal, um making of de todo o projeto, realizado pelo filmaker Fernando Carvalho.
.
O resultado é um trabalho de extrema beleza e delicadeza, alinhavando imagens, melodias, harmonias, cores e movimento. Todas as matérias da poesia.

revistaprosaversoearte.com - A cantora e compositora Tuini lança "Poesia", single e clipe do seu segundo disco autoral
Capa do single ‘Poesia’ • Tuini • Selo Independente / Distribuição Tratore • 2023

SINGLE E CLIPE ‘POESIA’ • Tuini • Selo Independente / Distribuição Tratore • 2023
Canção / compositora
:: Poesia, de Tuini
– ficha técnica –
Tuini (voz) | Diogo Sili (vilões) | Maria Clara Valle (violoncelo) | Arranjo e produção musical: Diogo Sili | Gravação e mixagem: Daniel Sili / Estúdio Boca do Mato | Masterização: Alexandre Rabaço | Arte da capa: Mirella Rosalba | Letra em aquarela: Ilana Paterman Brasil | Foto: Marília Cabral | VideoclipeRoteiro, concepção e direção: Tuini | Direção, filmagem e edição: Marcelo Fedrá | Animações/ aquarelas: Ilana Paterman Brasil | Cor: Bernardo Nader | Assistência de filmagem e fotos: Marília Cabral | Beleza: Mariana Bohrer | Selo: Independente | Distribuição: Tratore | Formato: Single digital / clipe | Ano: 2023 | Lançamento: 1 de setembro | #* Ouça o single: clique aqui | *Assista o clipe: clique aqui.
* Projeto contemplado no Edital de Cultura Sesi-Firjan-2023.
.

revistaprosaversoearte.com - A cantora e compositora Tuini lança "Poesia", single e clipe do seu segundo disco autoral
Aquarela de © Ilana Paterman Brasil – para o Single e Clipe ‘Poesia’ de Tuini (2023)

 

revistaprosaversoearte.com - A cantora e compositora Tuini lança "Poesia", single e clipe do seu segundo disco autoral
Tuini – foto © Marília Cabral

Sobre a artista
Tuini (Tuini Bitencourt) é cantora, compositora e atriz formada na CAL (Casa das Artes de Laranjeiras), e Mestre e Doutora em Artes Cênicas pela UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro). Foi integrante por mais de 8 anos da Companhia Studio Stanislavski, onde desenvolveu inúmeros trabalhos como atriz e diretora, bem como cantora e compositora nos espetáculos em que performava. Funda a Cia. Contos Encantos em 2018 trazendo novamente suas composições para a cena como pilares de suas apresentações. Em 2021 lança Encanto, seu primeiro álbum autoral, com direção musical de Diogo Sili e Luiz Morais; e participações como Kiko Horta, Luís Barcellos entre outros grandes músicos da cena independente carioca. Um disco cheio de ritmo, lirismo e brasilidade com ótima receptividade de público e crítica que alcançou mais de 11.000 plays no spotify. Os clipes das canções Janela e Navegante, presentes no repertório de Encanto, tiveram somadas mais de 33.000 visualizações.
.
Em 2022 é selecionada para o SONORA: Festival Internacional de Compositoras (o único no Brasil destinado somente a compositoras femininas), ao lado de Anna Paes, Antonia Medeiros, Bethi Albano, entre outras. Em fevereiro de 2023 é premiada no Edital de Cultura Sesi Firjan RJ, para a gravação do clipe da canção Poesia, que irá integrar o segundo disco autoral da artista, atualmente em processo de produção.
>> Tuini na rede: Instagram | Youtube | Facebook
.
.
.
Série: Discografia da Música Brasileira / MBP / Canção / Single / Clipe .
* Publicado por ©Elfi Kürten Fenske


ACOMPANHE NOSSAS REDES

DESTAQUES

 

ARTIGOS RECENTES