10 benefícios da batata-doce para a saúde

A batata-doce (Ipomoea batatas) é uma planta dicotiledônea que pertence à família das trepadeiras ou das ipomeias (Convolvulaceae). A batata-doce possui grandes raízes tuberosas de sabor adocicado que são amplamente consumidas. As folhas jovens e brotos são às vezes comidos como verduras. A batata-doce é apenas parente distante da batata (Solanum tuberosum) e não pertence à família das Solanáceas (Solanaceae), contudo, ambas pertencem à mesma ordem taxonômica, as Solanales.

As folhas de batata doce são ricas em vários nutrientes, vitaminas, fibras alimentares e ácidos graxos essenciais. Possui grande quantidade de antioxidantes (polifenóis), minerais, betacaroteno, luteína, proteínas e vitamina B. O consumo de polifenóis está associado a um risco reduzido de doenças crônicas, por meio de uma variedade de biomecanismos, incluindo antioxidação e anti-inflamação Apesar dos benefícios, as folhas de batata-doce não têm valor econômico e são descartadas após a colheita da raiz.

A maioria das batatas-doces é de cor laranja, mas existem variações nas cores amarela, branca, roxa e vermelha. Seu índice glicêmico relativamente baixo faz com que as batatas liberem açúcar na corrente sanguínea lentamente, ao contrário de outros alimentos ricos em amido. O consumo de batata doce é extremamente benéfico nos casos em que há uma grande demanda de energia, seja por atletas, pessoas envolvidas em atividades físicas intensas, ou até mesmo por pessoas em período de recuperação de doenças debilitantes.

1 – AUXILIA NO TRATAMENTO DE DIABETES
As batatas-doces são consideradas de baixo teor glicêmico, e estudos recentes demonstraram que elas podem reduzir os episódios de baixa taxa de açúcar no sangue e resistência à insulina em pessoas com diabetes. A fibra na batata doce também é extremamente importante. Estudos comprovaram que pessoas com diabetes do tipo 1 e que consomem dietas ricas em fibras possuem níveis mais baixos de glicose no sangue, e pessoas com diabetes do tipo 2 melhoraram os níveis de açúcar no sangue, lipídios e insulina. Uma batata doce média fornece cerca de 6 gramas de fibra.

2 – COMBATE A OBESIDADE
É ainda um tanto quanto controverso, mas o consumo de batata doce ajuda muito nos casos de obesidade, graças à sua propriedade em proporcionar uma grande sensação de saciedade. Com apenas o consumo de uma pequena quantidade de batata doce, sente-se uma sensação de saciedade, aliviando-se da fome por várias horas seguidas. Embora o consumo de batata doce seja recomendado em casos de obesidade, ainda é aconselhável regular a quantidade de calorias a serem ingeridas, de modo a não exceder a ingestão calórica diária recomendada.

3 – CONTROLA A PRESSÃO SANGUÍNEA
Manter uma baixa ingestão de sódio ajuda a manter uma pressão sanguínea saudável. Contudo, aumentar a ingestão de potássio pode ser tão importante quanto. De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição, menos de 2% dos adultos americanos seguem a recomendação diária de 4.700 miligramas (mg) de potássio. Uma batata-doce média fornece cerca de 542 mg. A alta ingestão de potássio está ligada a uma redução de 20% no risco de morte por todas as causas.

4 – MELHORA A SAÚDE DO CORAÇÃO
As batatas doces são uma grande fonte de vitamina B6, que atua na quebra da homocisteína, uma substância que contribui para o endurecimento dos vasos sanguíneos e artérias, de acordo com a Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard. O teor de potássio das batatas-doces também é útil para o coração, vez que reduz a pressão arterial mantendo o equilíbrio de líquidos, como explica a American Heart Association. O potássio também é um eletrólito importante que ajuda a regular o seu batimento cardíaco.

5 – FORTALECE A IMUNIDADE
Uma batata-doce contém cerca de metade da quantidade da ingestão diária recomendada de vitamina C. As vitaminas A e E promovem um sistema imunológico saudável e são poderosos antioxidantes. Já as batatas doces alaranjadas contêm mais vitamina A, as batatas doces roxas possuem como antioxidante a antocianina, que é responsável pelas cores vermelha, azul e roxa das frutas e vegetais. De acordo com o Instituto Linus Pauling, os antioxidantes relacionados ao pigmento têm propriedades anti-inflamatórias, que são benéficas para a saúde geral e ajudam a diminuir problemas inflamatórios.

Variedades de batatas-doces – foto: Embrapa.

6 – MELHORA A DIGESTÃO
De acordo com a Cleveland Clinic, a batata doce é uma boa fonte de fibra alimentar, que auxilia o corpo na manutenção de um sistema digestivo saudável e regula a digestão.

7 – MELHORA A VISÃO
A deficiência de vitamina A pode prejudicar a visão, levando ao ressecamento da córnea e à turvação da parte frontal do olho. Também impede que pigmentos essenciais sejam produzidos. Corrigir deficiências de vitamina A com alimentos ricos em betacaroteno pode restaurar a visão. Além disso, as vitaminas antioxidantes C e E da batata doce demonstraram apoiar a saúde dos olhos e evitar danos degenerativos.

8 – NUTRE OS CABELOS E A PELE
A vitamina A auxilia na prevenção contra os danos causados pelo sol, de acordo com um estudo de 2004 da revista Clinical Cancer Research, e as vitaminas C e E são bem conhecidas por seus benefícios no que concerne a beleza. Elas estimulam o crescimento saudável e brilhante da pele e do colágeno.

9 – PREVINE CONTRA O APARECIMENTO DO CÂNCER
Alguns estudos sugeriram que o betacaroteno pode reduzir o risco de câncer de mama em mulheres na pré-menopausa e câncer de ovário em mulheres na pós-menopausa. Todavia, a batata doce roxa pode ser ainda mais eficaz do que a batata doce alaranjada no combate ao câncer.

10 – REDUZ O ESTRESSE
De acordo com o Departamento de Saúde Pública de Los Angeles, as batatas doces contêm magnésio, um mineral essencial para aliviar os sintomas do estresse. Promove relaxamento, tranquilidade e bom humor, além de beneficiar a saúde arterial, muscular, nervosa, óssea e sanguínea, segundo a Psychology Today.

CONTRAINDICAÇÕES E EFEITOS COLATERAIS DA BATATA-DOCE
Quando utilizada da maneira correta e moderada é um alimento nutritivo que não apresenta riscos significativos à saúde. Elas podem causar alguns efeitos colaterais relativos à pele. Como a batata doce é rica em vitamina A que é armazenada pelo corpo, quando os níveis ficam elevados, nota-se que a pele e unhas ganham uma coloração alaranjada. Outro efeito colateral é o de formação de cálculos renais, visto que a batata doce possui oxalato, que contribui para a formação de pedras nos rins.

HISTÓRIA E CURIOSIDADES
As batatas doces são nativas da América Central e do Sul e foram cultivadas por pelo menos 10.000 anos. Cristóvão Colombo levou batatas doces para a Europa depois de sua primeira viagem ao Novo Mundo em 1492. No século XVI, exploradores espanhóis e portugueses levaram batata doce para a África, Filipinas, Índia, Indonésia e o Sul da Ásia. Na mesma época, batatas doces começaram a ser cultivadas no sul dos Estados Unidos.

George Washington, o primeiro presidente dos Estados Unidos, cultivava batata-doce em Mount Vernon, residência oficial na época. Seu homônimo, o botânico George Washington Carver, desenvolveu 118 produtos a partir de batata-doce, incluindo amido para o dimensionamento de tecidos de algodão e cola para selos postais.

A batata doce é o vegetal oficial da Carolina do Norte, principal produtor de batata doce nos Estados Unidos (cerca de 40% da oferta nacional). A China produz cerca de 80 milhões de toneladas de batata doce por ano, a África cerca de 14 milhões de toneladas, a América Central e a América do Sul produzem cerca de 2 milhões de toneladas e os Estados Unidos produzem cerca de 1 milhão de toneladas.

*Com informações de Medicina Natural.

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS





Revista Prosa Verso e Arte
Literatura - Artes e fotografia - Educação - Cultura e sociedade - Saúde e bem-estar