fernando pessoa arquivo online

«Sou minha própria paisagem, não sei sentir-me onde estou.»

Pessoa é em si muitas almas diversas e estranhas.

Arquivo Pessoa (compreendendo a maior parte da obra de Fernando Pessoa, incluindo os seus heterônimos, para além de correspondência e outra documentação), assim como o portal MultiPessoa (com forte componente educacional, de iniciação à obra do autor), disponíveis na Internet.

«O poeta é um fingidor. Finge tão completamente que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente.»

O Arquivo Pessoa reproduz uma base de dados, editada em 1997, pela Texto Editora e pela Casa Fernando Pessoa. O intuito de colocar online esta base de dados é possibilitar o acesso a toda a obra pessoana editada e mantê-la atualizada.

Para além de poemas de Fernando Pessoa e dos seus heterônimos, este arquivo online tem também textos filosóficos e de auto-análise, escritos ocultistas e íntimos, correspondência e notas do autor. São mais de 4 mil textos, em 3 línguas diferentes.

O portal MultiPessoa tem uma secção intitulada Labirinto, com 13 percursos temáticos: Vida e Obra, Obra Pública, Heteronímia, Alberto Caeiro, Álvaro de Campos, Ricardo Reis, Fernando Pessoa, Bernardo Soares, Fausto, Poética, Filosofia, Portugal e Ocultismo. Mais tarde serão adicionados ficheiros áudio, uma espécie de Wikipédia sobre o poeta, vídeos e jogos.

«O Mistério sabe-me a eu ser outro…Luar sobre o não-conter-se.»

ARQUIVO & PORTAL
Arquivo Pessoa
MultiPessoa

A casa
Casa Fernando Pessoa – Lisboa

Mais sobre e com Fernando Pessoa
Fernando Pessoa – o poeta de múltiplos eus
Fernando Pessoa (poemas e textos neste site)

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Revista Prosa Verso e Arte
Literatura - Artes e fotografia - Educação - Cultura e sociedade - Saúde e bem-estar

COMENTÁRIOS