Campbell Remess, o menino australiano

“Não temos nas nossas mãos as soluções para todos os problemas do mundo, mas diante de todos os problemas do mundo temos as nossas mãos.”
– Friedrich von Schiller

Solidariedade
– por Claudia Nogueira

“Fazer o bem, sem olhar a quem” é um ditado bastante popular quando queremos ensinar nossos filhos a serem solidários e a ajudarem as pessoas que mais precisam, independentemente da etnia, gênero, orientação sexual ou classe social. Esse sentimento de amor ao próximo pode surgir em qualquer lugar do planeta — e em crianças de todas as idades.

Aos nove anos de idade, o australiano Campbell Remess (apelido Bumble) pediu aos pais para comprar presentes de Natal, que seriam doados a crianças de um hospital da região de Hobart, na Tasmânia. Com nove filhos, os pais explicaram que já tinham muitos gastos em casa, e que presentear as crianças doentes ficaria muito caro.

Campbell Remess, o menino australiano

Campbell resolveu então que confeccionaria os presentes, e dedicou todo o seu tempo livre para desenhar e costurar bonecos de pano e pelúcia. Decidiu fazer um bichinho por dia, totalizando 365 itens para distribuir entre os meninos e meninas hospitalizados ou em orfanatos. O projeto deu tão certo que virou uma campanha, no site Project 365.

Foto: Project365

Com uma máquina de costura na mão e uma “missão” na cabeça, Campbell desenvolveu seu primeiro projeto com bolas de chocalho. Com o tempo e a experiência com agulhas e linhas, ele dominou a técnica de produzir animais de pano — e não parou mais.

Emseu site, Bumble informa que usa a mesada para fabricar seus presentes, mas avisa que é possível contribuir com doações. Em 2016, o garoto conseguiu confeccionar mais de 400 unidades, e recolheu pouco mais de AU$ 5,2 mil (cinco mil e duzentos dólares australianos). Quer ajudá-lo? É só clicar aqui para ajudar a financiar a campanha.

Foto: Project365

Os internautas também podem solicitar um bichinho de pelúcia feito por Campbell, para crianças necessitadas. O pedido vai passar pelos pais de Bumble e outros adultos que ajudam seu trabalho. Quem quiser, também pode comprar online seu brinquedo, através de uma conta no site E-bay.

Foto: Project365

Em vídeo, a mãe e os irmãos de Campbell contam como surgiu a ideia e falam sobre a dedicação do menino a sua causa. O pai de Campbell, quer há um ano se livrou de um câncer, também dá um depoimento emocionado, em que mostra como o otimismo e a força de vontade do filho o ajudaram a superar a doença.

Assista:

“Quando a sua ajuda aos semelhantes é fruto de motivação e preocupação sinceras, isso lhe traz sorte, amigos, alegrias e sucesso. Se você desrespeita os direitos dos outros e descuida-se do bem-estar alheio, acabará imensamente solitário.”
– Dalai Lama, em “Tenzin Gyatso ‘O livro de dias'”.

Fonte: blogsOGlobo

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Revista Prosa Verso e Arte
Literatura - Artes e fotografia - Educação - Cultura e sociedade - Saúde e bem-estar

COMENTÁRIOS