Coleção Antiprincesas, de Nadia Fink, com ilustrações de Pitu Saá

“Contamos histórias de mulheres. Porquê? Porque conhecemos muitas histórias de homens importantes, mas poucas de mulheres. Conhecemos algumas histórias de princesas, é verdade, mas quão longe da nossa realidade estão essas personagens que vivem em castelos enormes e frios? Há muitas mulheres na América Latina que derrubaram os padrões da sua época, que não se resignaram a desempenhar as funções que a sociedade lhes impunha e seguiram o seu próprio caminho.”
– Editora Argentina Chirimbote

Frida Kahlo, Violeta Parra, Juana Azurduy e Clarice Lispector são os rostos da coleção infantojuvenil Antiprincesas. Como é que estas mulheres ajudaram a mudar o mundo? Vem descobrir.

Quatro mulheres. Quatro heroínas. Quatro histórias inspiradoras. São estes os ingredientes que compõem a coleção Antiprincesas, originalmente publicada pela editora argentina Chirimbote, no Brasil pela editora e distribuidora Sur Livro*, é destinada a “meninas e meninos”.

As protagonistas são a pintora mexicana Frida Kahlo, a cantora e artista chilena Violeta Parra, a militar boliviana Juana Azurduy e a escritora e jornalista brasileira Clarice Lispector.

Cada uma destas “mulheres reais” terá como missão, no volume da coleção infantojuvenil ao qual dá nome, mostrar como derrubou barreiras no seu tempo e espaço, ajudando no combate às desigualdades sociais e aos estereótipos que crescem junto das camadas mais jovens.

A grande responsável por esta iniciativa é a jornalista argentina Nadia Fink. Os seus textos são suportados pelas ilustrações do também argentino Pitu Sáa.

Tens a certeza que já sabes tudo sobre estas antiprincesas? Conheces as suas histórias, as suas lutas e o modo como mudaram o mundo? Vem connosco. A viagem vale a pena.

* Conheça a Coleção acessando a Sur Livro

Coleção Antiprincesas

 

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Revista Prosa Verso e Arte
Literatura - Artes e fotografia - Educação - Cultura e sociedade - Saúde e bem-estar

COMENTÁRIOS