O Aluno: uma lição de vida (The First Grader) - direção: Justin Chadwick (2010)

“Ver e interpretar filmes implica, acima de tudo, perceber o significado que eles têm no contexto social do qual participam”
– Rosália Duarte, em “Cinema & educação: refletindo sobre cinema e educação”. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

“O que me interessa são as relações entre as artes,a ciência e a filosofia. Não há nenhum privilégiode uma destas disciplinas em relação à outra.Cada uma delas é criadora.”
– Gilles Deleuze, em “Conversações”. [tradução Peter Pál Pelbart]. São Paulo: Editora 34, 2000.

“Através da experimentação dos sentimentos e das emoções, a arte auxilia no encontro da identidade pessoal no mundo em que se vive. Durante este processo, o indivíduo não apenas entra em contato com o mundo sensorial, mas simultaneamente desenvolve e educa seus sentimentos através da prática dos símbolos artísticos.

A arte é a expressão da vida que, associada ao processo de criação, transforma-se na capacidade de exercer plenamente a condição de ser humano. A arte favorece o desenvolvimento integral do indivíduo, possibilitando a expressão livre do pensamento e das emoções, desenvolvendo seu raciocínio com criatividade e imaginação. Criando, o indivíduo torna-se mais seguro de seu potencial e consciente de seus limites; torna-se mais autêntico e livre para fazer suas escolhas.
[…]
Ao levar o cinema para a sala de aula deve-se pensar o modo como ele pode ser utilizado como ferramenta primeira de reflexão, fazendo com que, por exemplo, após se analisar criticamente uma película cinematográfica o aluno procure complementar e aprimorar seu raciocínio através do estudo das matérias do currículo; e que esteja preparado para propagar este conhecimento adquirido, mais uma vez, através do cinema, de forma similar ao processo que se deu com ele.” *

“O homem, o imperfeito bibliotecário, pode ser obra do acaso ou dos demiurgos malévolos; o universo, com seu elegante provimento de prateleiras, de tomos enigmáticos, de infatigáveis escadas para o viajante […]somente pode ser obra de um deus.”
– Jorge Luis Borges, em “A Biblioteca de Babel”. [tradução Carlos Nejar]. obras Completas. vol. I. São Paulo: Globo, 2000.

Segue a sugestão de 25 filmes que abordam o tema da educação:
As obras servem de inspiração ao mostrar problemas e soluções no ambiente escolar, vão além do questionamento do modelo tradicional de ensino e convidam para uma reflexão sobre o papel do professor, do aluno e do sistema educacional.

Escritores da liberdade (Freedom writers) – direção: Richard LaGravenese (2007)

1. Escritores da liberdade (Freedom writers)
Sinopse: Hilary Swank, duas vezes premiada com o Oscar, atua nessa instigante história, envolvendo adolescentes criados no meio de tiroteios e agressividade, e a professora que oferece o que eles mais precisam: uma voz própria. Quando vai parar numa escola corrompida pela violência e tensão racial, a professora Gruwel combate um sistema deficiente, lutando para que a sala de aula faça a diferença na vida dos estudantes. Agora, contando suas próprias histórias, e ouvindo as dos outros, uma turma de adolescentes supostamente indomáveis vai descobrir o poder da tolerância, recuperar suas vidas desfeitas e mudar seu mundo. Escritores da Liberdade é baseado no aclamado best-seller O Diário dos Escritores da Liberdade (best-seller Freedom writers), de Erin Gruwell (1999).
Ficha técnica
Ano: 2007 – Duração: 123 min.
País: Estados Unidos – Gênero: Drama
Direção e roteiro: Richard LaGravenese

Madadayo (Madadayo) – direção: Akira Kurosawa (1993)

“Espero que todo mundo saia do cinema com um grande sorriso no rosto depois de ver este filme” – Akira Kurosawa

2. Madadayo (Madadayo)
Sinopse: Após 30 anos trabalhando como professor em uma escola, Hyakken Uchida (Tatsuo Matsumura) anuncia que vai parar de lecionar. Inconformados, os alunos promovem reuniões quinzenais na casa do mestre, ocasião para colocar em dia as conversas, rir, beber e aprender lições de vida com o ancião.
Ficha técnica
Ano: 1993 – Duração: 134 min.
País: Japão – Gênero: Drama
Direção: Akira Kurosawa
Roteiro: Akira Kurosawa, Hyakken Uchida e Ishiro Honda
Fotografia: Masaharu Ueda, Takao Saito
Trilha Sonora: Shinichirô Ikebe

Como estrelas na terra – toda criança é especial (Taare Zameen Par) – direção: Aamir Khan (2007)

3. Como estrelas na terra – toda criança é especial (Taare Zameen Par)*
Sinopse: É a história de uma criança que sofre com dislexia e custa a ser compreendida. O jovem Ishaan, não consegue acompanhar as aulas ou focar sua atenção, e é tratado com muita rudeza por seu pai. Após serem chamados pela escola, o pai decide levá-lo a um internato, atitude que leva o pequeno a entrar em depressão. Um professor substituto de artes, Nikumbh, logo percebe o problema de Ishaan, e entra em ação com seu plano para devolver a ele a vontade de viver.**
Ficha técnica
Ano: 2007 – Duração: 140 min.
País: Índia – Gênero: Drama
Direção: Aamir Khan
Roteiro: Amole Gupte
Trilha sonora: Prasson Joshi, Shankar Mahadevan, Loy Mendonsa, Ehsaan Noorani
* Disponível online (legendas em português). Aqui!
** Saiba mais sobre o filme. Aqui!

Entre os muros da escola (Entre le Murs) – direção: Laurent Cantet (2008)

4. Entre os muros da escola (Entre le Murs)*
Sinopse: Baseado em livro homônimo de François Bégaudeau, em que relata sua experiência como professor de francês em uma escola de ensino médio na periferia parisiense, lugar de mistura étnica e social, um microcosmo da França contemporânea.
Ficha técnica
Ano: 2008 – Duração: 128 min.
País: França – Gênero: Drama
Direção: Laurent Cantet
Roteiro: Laurent Cantet e Robin Campillo – livro/roteiro: François Bégaudeau
* Disponível online (legendas em português). Aqui!
Biografia para sala de aula
MOURA, Glenda. Resenha.’Entre os Muros da Escola’. Direção: Laurent Cantet. (2008). in: Entrepalavras, Fortaleza – ano 1, v.1, n.1, p. 175-180, ago/dez 2011. Disponível no link (acessado em 1.11.2017).
SILVA, Tereza Maria Trindade da; RIBEIRO, Henrique Melo; CAMPOS, Frederico Rodrigues. Entre os muros da escola: Possibilidades para rever as noções de disciplina e avaliação. Revista Anagrama: Revista Científica Interdisciplinar da Graduação Ano 3 – Edição 3 – Março-Maio de 2010. Disponível no link (acessado em 1.11.2017).

Ao mestre, com carinho (To Sir, with Love) – direção: James Clavell (1967)

5. Ao mestre, com carinho (To Sir, with Love)
Sinopse: Um jovem professor enfrenta alunos indisciplinados, neste filme Clássico que refletiu alguns dos problemas e medos dos adolescentes dos anos 60. Sidney Poitier tem uma de suas melhores atuações como Mark Thackeray, um engenheiro desempregado que resolve dar aulas em Londres, no bairro operário de East End. A classe, liderada por Denham (Christian Roberts) Pamela (Judy Geeson) e Barbara (Lulu, que também canta a canção título) estão determinados a destruir Thackeray como fizeram com seu predecessor, ao quebrar-lhe o espírito. Mas Thackeray acostumado à hostilidade enfrenta o desafio tratando os alunos como jovens adultos que breve estarão se sustentando por conta própria. Quando recebe um convite para voltar a engenharia, Thackeray deve decidir se pretende continuar.
Ficha técnica
Ano: 1967 – Duração: 105 min.
País: Reino Unido – Gênero: Drama
Direção: James Clavell
Roteiro: E.R. Braithwaite e James Clavell
Música: Ron Grainer

O jarro (Khomreh) – direção: Ebrahim Foruzesh (1992)

6. O jarro (Khomreh)*
Sinopse: Numa escola do deserto, o jarro que serve para as crianças matarem a sede trinca. O fato mobiliza as pessoas do vilarejo, cada uma com uma reação diferente. Rodado num aldeia do escaldante deserto iraniano, o filme contou com a participação de atores não profissionais que, até então, mal conheciam o cinema. Vencedor do Leopardo de Ouro no Festival de Locarno de 1994 e do Prêmio do Júri da 18ª Mostra.
Ficha técnica
Ano: 1992 – Duração: 98 min.
País: Irã – Gênero: Drama
Direção e roteiro: Ebrahim Foruzesh
Música: Mohammad Reza Aligholi
* Disponível online (legendas em português). Aqui!

Sociedade dos Poetas Mortos (Dead Poets Society) – direção: Peter Weir (1990)

7. Sociedade dos Poetas Mortos (Dead Poets Society)
Sinopse: Em 1959, John Keating (Robin Williams) volta ao tradicionalíssimo internato Welton Academy, onde foi um aluno brilhante, para ser o novo professor de Inglês. No ambiente soturno da respeitada escola, Keating torna-se uma figura polêmica e mal vista, pois acende nos alunos a paixão pela poesia e pela arte e a rebeldia contra as convenções sociais. Os estudantes, empolgados, ressuscitam a Sociedade dos Poetas Mortos, fundada por Keating em seu tempo de colegial e dedicada ao culto da poesia, do mistério e da amizade. A tensão entre disciplina e liberdade vai aumentando, os pais dos alunos são contra os novos ideais que seus filhos descobriram, e o conflito leva à tragédia.
Ficha técnica
Ano: 1990 – Duração: 128 min.
País: Estados Unidos – Gênero: Drama
Direção: Peter Weir
Roteiro: Tom Schulman
Fotografia: John Seale
Trilha Sonora: Maurice Jarre

O Aluno: uma lição de vida (The First Grader) – direção: Justin Chadwick (2010)

8. O Aluno: uma lição de vida (The First Grader)
Sinopse: O filme reconta a história de Kimani Maruge Ng’ang’a, um queniano que foi preso e torturado por lutar pela liberdade de seu país. Aos 84 anos, quando soube de um programa governamental de escolas para todos, Maruge se candidata a uma escola primária que atende crianças de seis anos de idade. Sua entrada acontece graças ao apoio de uma das professoras e ele também se torna um grande educador.
Ficha técnica
Ano: 2010 – Duração: 103 min.
País: Reino Unido, EUA, Quênia – Gênero: Drama
Direção: Justin Chadwick
Roteiro: Ann Peacock

Meu Mestre, Minha Vida (Lean on Me) – direção: John G. Avildsen (1989)

9. Meu Mestre, Minha Vida (Lean on Me)
Sinopse: Arrogante e autoritário, o professor Joe Clark (Morgan Freeman) é convidado por seu amigo Frank Napier (Robert Guiullaume) a assumir o cargo de diretor na problemática escola em Paterson, New Jersey, de onde ele havia sido demitido. Com seus métodos nada ortodoxos, Joe se propõe a fazer uma verdadeira revolução no colégio marcado pelo consumo de drogas, disputas entre gangues e considerado o pior da região. Com isso, ele ao mesmo tempo coleciona admiradores e também muitos inimigos.
Ficha técnica
Ano: 1989 – Duração: 109 min.
País: Estados Unidos – Gênero: Drama
Direção: John G. Avildsen
Roteiro: Michael Schiffer
Fotografia: Victor Hammer
Trilha Sonora: Bill Conti

O Substituto (Detachment) – direção: Tony Kaye (2011)

“Temos a responsabilidade de guiar nossos jovens para que eles não terminem se desintegrando. Caindo no esquecimento. Tornando-se insignificante.”

10. O Substituto (Detachment)
Sinopse: Henry Barthes (Adrien Brody) é um professor brilhante com um verdadeiro talento para se conectar com seus alunos. Em outro mundo, ele seria um herói para sua comunidade. Mas, assombrado por um passado conturbado, ele escolhe ser professor substituto – nunca na mesma escola por mais que algumas semanas, nunca permanecendo tempo suficiente para formar qualquer relação com os alunos ou colegas. Uma profissão perfeita para alguém que busca se esconder ao ar livre. Quando uma nova missão o coloca numa decadente escola pública, o isolado mundo de Henry é exposto por três mulheres que mudam a sua visão sobre a vida: uma estudante, uma professora e uma adolescente fugitiva.
Ficha técnica
Ano: 2011 – Duração: 97 min.
País: Estados Unidos – Gênero: Drama
Direção: Tony Kaye
Roteiro: Carl Lund
Trilha Sonora: The Newton Brothers

Uma Mente Brilhante (A beautiful mind) – direção: Ron Howard (2001)

11. Uma Mente Brilhante (A beautiful mind)
Sinopse: Uma Mente Brilhante é baseado no livro A Beautiful Mind: A Biography of John Forbes Nash Jr., de Sylvia Nasar. O filme conta a história real de John Nash que, aos 21 anos, formulou um teorema que provou sua genialidade. Brilhante, Nash chegou a ganhar o Prêmio Nobel. Diagnosticado como esquizofrênico pelos médicos, Nash enfrentou batalhas em sua vida pessoal, lutando até onde pôde. Como contraponto ao seu desequilíbrio está Alicia (Jennifer Connelly), uma de suas ex-alunas com quem se casou e teve um filho.
Ficha técnica
Ano: 2001 – Duração: 134 min.
País: Estados Unidos – Gênero: Drama
Direção: Ron Howard
Roteiro: Akiva Goldsman
Fotografia: Roger Deakins
Trilha Sonora: James Horner

Nenhum a menos (Yi ge dou bu neng shao/Not one less) – direção: Yimou Zhang (1998)

12. Nenhum a menos (Yi ge dou bu neng shao/Not one less)
Sinopse: As dificuldades encontradas por uma menina de 13 anos quando tem de substituir seu professor, que viaja para ajudar a mãe doente. Antes de partir, ele recomenda à garota que não deixe nenhum aluno abandonar a escola durante sua ausência. Quando um garoto desaparece da escola, a jovem professora descobre que ele deixou o vilarejo em direção à cidade em busca de emprego, para ajudar no sustento da família. Seguindo os conselhos de seu professor, ela vai atrás do aluno. Vencedor do Leão de Ouro no Festival de Veneza de 1999.
Ficha técnica
Ano: 1998 – Duração: 106 min.
País: – Gênero: Drama
Direção: Yimou Zhang
Roteiro: Shi Xiangsheng
Fotografia: Hou Yong
Trilha Sonora: San Bao
Bibliografia para sala de aula
FLEURY, Maria Tereza Leme; SARSUR, Amyra Moyzes. O quadro-negro como tela: o uso do filme Nenhum a menos como recurso de aprendizagem em gestão por competências. in: Caderno Ebape. BR, v. 5, n. 1, mar. 2007. Disponível no link (acessado em 1.11.2017).
KODATO, Sérgio. Nenhum a menos e o processo de inclusão escolar e social. in: OLIVEIRA, ML., org. (Im)pertinências da educação: o trabalho educativo em pesquisa [online]. São Paulo: Editora UNESP; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009. Disponível no link (acessado em 1.11.2017).

A língua das mariposas (La Lengua de las Mariposas) – direção: José Luis Cuerda (1999)

13. A língua das mariposas (La Lengua de las Mariposas)*
Sinopse: O mundo do pequeno Moncho estava se transformando: começando na escola, vivia em tempo de fazer amigos e descobrir novas coisas, até o início da Guerra Civil Espanhola, quando ele reconhecerá a dura realidade de seu país. Rebeldes fascistas abrem fogo contra o regime republicano e o povo se divide. O pai e o professor do menino são republicanos, mas os rebeldes ganham força, virando a vida do garoto de pernas para o ar.
Ficha técnica
Ano: 1999 – Duração: 95 min.
País: Espanha – Gênero: Drama
Direção: José Luis Cuerda
Roteiro: Rafael Azcona
Fotografia: Javier Salmones
Trilha Sonora: Alejandro Amenábar
* Disponível online (legendas em português). Aqui!

Quando tudo começa (Ça commece Aujourd’hui) – direção: Bertrand Tavernier (1999)

14. Quando tudo começa (Ça commece Aujourd’hui)
Sinopse: Daniel Lefebvre (Philippe Torreton) é professor numa pequena cidade que sofre com o fechamento das minas de carvão e enfrenta uma alta taxa de desemprego. Daniel e os outros professores são aconselhados a não se envolver com os problemas da comunidade, mas é impossível para Daniel ignorar a miséria, a indiferença do governo e os sérios problemas domésticos que suas crianças enfrentam. Quando uma mãe aparece tão bêbada que acha melhor não levar os filhos pra casa, Daniel entra em contato com assistentes sociais, é ignorado e decide levar as duas crianças para sua casa. Ele então começa uma campanha contra o governo local, reivindicando condições mínimas de vida e dignidade para a população. Além de dificuldades pessoais, como a doença do pai, um ex-mineiro que sofre de enfisema, ele irá enfrentar enormes dificuldades burocráticas e a maquinação das autoridades educacionais. Menção Especial do Júri no Festival de Berlim de 1999.
Ficha técnica
Ano: 1999 – Duração: 118 min.
País: França – Gênero: Drama
Direção: Bertrand Tavernier
Roteiro: Bertrand Tavernier, Dominique Sampiero e Tiffany Tavernier
Fotografia: Alain Choquart
Trilha Sonora: Louis Sclavis

/The road home) – direção: Yimou Zhang
(1999)

15. O caminho para casa (Wo de fu qin mu qin/The road home)
Sinopse: Luo Yusheng, um homem de negócios da cidade, retorna para sua casa em um vilarejo no norte da China para o enterro de seu pai, o professor da vila. Antes de retornar para a cidade, Yusheng simbolicamente honra o maior desejo de seu pai, passando um dia ensinando na escola local.
Ficha técnica
Ano: 1999 – Duração: 100 min.
País: China – Gênero: Drama
Direção: Yimou Zhang
Roteiro: Bao Shi
Fotografia: Yong Hou
Trilha Sonora: San Bao

Numa escola de Havana (Conducta) – direção: Ernesto Daranas (2015)

16. Numa escola de Havana (Conducta)
Sinopse: Chala (Armando Valdes Freire) é um garoto de onze anos que vive com sua mãe viciada em drogas, Sonia (Yuliet Cruz). Para sustentar a casa, ele treina cães de briga com um homem que pode ser ou não seu pai biológico. As dificuldades de sua vida refletem na escola, onde é aluno de Carmela (Alina Rodriguez), por quem ele tem umg rande respeito. Mas quando ela fica doente e tem que se afastar por meses, Chala não se adapta ao novo professor, que o coloca em uma sala para alunos de mal comportamento. Quando Carmela retorna, não aceita essa medida e outras imposições que aconteceram durante sua ausência. Enquanto a relação entre professora e aluno se intensificam, os dois passam a ser perseguidos na escola, levando a um conflito que reflete o complexo sistema de Cuba contemporânea.
Ficha técnica
Ano: 2015 – Duração: 108 min.
País: Cuba – Gênero: Drama
Direção: Ernesto Daranas
Roteiro: Ernesto Daranas
Fotografia: Alejandro Pérez
Trilha Sonora: Juan Carlos Herrera

O preço do desafio (Stand and deliver) – direção: Ramón Menéndez (1998)

17. O preço do desafio (Stand and deliver)
Sinopse: Edward James Olmos é Jaime Escalante, um professor de matemática que dá aula numa escola em East Los Angeles e se recusa a rotular seus alunos do subúrbio como fracassados. Escalante é persuasivo e incentiva 18 garotos que estão lutando com as frações para se tornarem mestres da matemática e enfrentar um de seus maiores desafios: o Exame Nacional de Cálculos Avançados.
Ficha técnica
Ano: 1998 – Duração: 99 min.
País: Estados Unidos – Gênero: Drama
Direção: Ramón Menéndez
Roteiro: Ramón Menéndez e Tom Musca
Trilha Sonora: Craig Safan

Além da sala de aula (Beyond The Blackboard) – direção: Jeff Bleckner (2011)

18. Além da sala de aula (Beyond The Blackboard)
Sinopse: A história se passa em 1987 e segue uma jovem professora e mãe de dois filhos que acabou de se formar na faculdade e acaba ensinando crianças de rua em uma escola sem um nome. Com o apoio de seu marido, ela vence os medos e os preconceitos para dar a estas crianças a educação que merecem.
Ficha técnica
Ano: 2011 – Duração: 95 min.
País: Estados Unidos – Gênero: Drama
Direção: Jeff Bleckner
Roteiro: Camille Thomasson – livro/roteiro: Stacey Bess

O Primeiro da Classe (Front of the Class) – direção: Peter Werner (2006)

19. O Primeiro da Classe (Front of the Class)
Sinopse: O filme é baseado em fatos reais e conta a história de Brad Cohen, que tem a Síndrome de Tourette e enfrentou os sintomas e todos os preconceitos para realizar o seu sonho de se tornar professor. Cohen passa por uma série de dificuldades durante todo o filme, que ressalta a incompreensão das pessoas em relação às reações da Síndrome (inclusive de sua própria família, como o pai que o repreende constantemente durante a infância.
Ficha técnica
Ano: 2006 – Duração:
País: Estados Unidos – Gênero: Drama/ Biografia
Direção: Peter Werner
Roteiro: Brad Cohen e Lisa Wysocky
Trilha Sonora: Ernest Troost

A luta por um ideal (Won’t Back Down) – direção: Daniel Barnz (2006)

20. A luta por um ideal (Won’t Back Down)
Sinopse: Uma mãe solteira inspira outros pais para o controle de sua escola de grau inferior no ranking. A proposição resultante faz com que um professor arrisque sua carreira e um representante de sindicato usa táticas desleais para lutar pelos educadores dedicados.
Ficha técnica
Ano: 2012 – Duração: 121 min.
País: Estados Unidos – Gênero: Drama
Direção: Daniel Barnz
Roteiro: Brin Hill e Daniel Barnz
Fotografia: Roman Osin
Trilha Sonora: Marcelo Zarvos

Conrack (ConracK) – direção: Martin Ritt (1974)

21. Conrack (ConracK)
Sinopse: Pat Conroy (Jon Voight), um branco que no passado fora racista, chega para ser professor numa escola que tem como alunos crianças negras pobres. A história se passa na remota Ilha de Yamacraw, Carolina do Sul no ano de março de 1969. Na verdade toda a ilha é habitada por negros pobres, com exceção de um comerciante, que tem um pequeno negócio. A sra. Scott (Madge Sinclair), a diretora da “escola” – que é pouco mais de uma cabana – só o chama de Patroy e seus alunos de Conrack não conseguem dizer Conroy, pois no isolamento criaram seu idioma. Eles são analfabetos, não conseguem contar e nem sabem em qual país vivem. Pat tenta trazer uma educação de melhor nível, lhes mostrando filmes, lhes ensinando a nadar, explicando a importância de escovar os dentes etc. No entanto, Pat, tem de enfrentar vários obstáculos entre eles a diretora da escola que chama os alunos de lentos e preguiçosos, além de crer que a melhor forma de educa-los é no chicote, além de seu chefe, o sr. Skeffington (Hume Cronyn), que mora numa cidade próxima e se mostra insatisfeito com os métodos de Pat, que não tem medo de dizer que racismo é em grande parte culpado pela negligência dos estudantes.
Ficha técnica
Ano: 1974 – Duração: 107 min.
País: Estados Unidos – Gênero: Drama
Direção: Martin Ritt
Roteiro: Irving Ravetch e Harriet Frank Jr., baseado em livro de Pat Conroy
Fotografia: John A. Alonzo
Trilha Sonora: John Williams

Preciosa – Uma História de Esperança (Precious: Based on the Novel Push by Sapphire) – direção: Lee Daniel (2009)

22. Preciosa – Uma História de Esperança (Precious: Based on the Novel Push by Sapphire)
Sinopse: 1987, Nova York, bairro do Harlem. Claireece “Preciosa” Jones (Gabourey Sidibe) é uma adolescente de 16 anos que sofre uma série de privações durante sua juventude. Violentada pelo pai (Rodney Jackson) e abusada pela mãe (Mo’Nique), ela cresce irritada e sem qualquer tipo de amor. O fato de ser pobre e gorda também não a ajuda nem um pouco. Além disto, Preciosa tem um filho apelidado de “Mongo”, por ser portador de síndrome de Down, que está sob os cuidados da avó. Quando engravida pela segunda vez, Preciosa é suspensa da escola. A sra. Lichtenstein (Nealla Gordon) consegue para ela uma escola alternativa, que possa ajudá-la a melhor lidar com sua vida. Lá Preciosa encontra um meio de fugir de sua existência traumática, se refugiando em sua imaginação.

“Às vezes eu desejo que não estivesse viva. Mas eu não sei como morrer. Não há nenhum botão para desligar. Não importa o quão ruim eu me sinta, meu coração não para de bater e meus olhos se abrem pela manhã” – Claireece “Preciosa” Jones (personagem)
Ficha técnica
Ano: 2009 – Duração: 110 min.
País: Estados Unidos – Gênero: Drama
Direção: Lee Daniels
Roteiro: Geoffrey S. Fletcher
Fotografia: Andrew Dunn e Darren Lew
Trilha Sonora: Mario Grigorov

A Onda (Die Welle/ The Wave) – direção: Dennis Gansel (2008)

23. A Onda (Die Welle/ The Wave)
Sinopse: Rainer é um professor a quem foi designada a tarefa de instruir seus estudantes de Ensino Médio sobre o Estado Autocrático durante uma sessão às lições longas. Um professor favorito entre as crianças, Rainer decide deixar seus alunos desenvolver o assunto e pede a eles que construam sua própria autocracia. No entanto, quando as crianças formam um Estado-nação similar com o da Alemanha nazista, os professores não sabem o que fazer.
Ficha técnica
Ano: 2008 – Duração: 107 min.
País: Alemanha – Gênero: Drama
Direção: Dennis Gansel
Roteiro: Dennis Gansel, Peter Thorwarth
Fotografia: Torsten Breuer
Trilha Sonora: Heiko Maile

A Voz do Coração (Les choristes) – direção: Christophe Barratier (2004)

24. A Voz do Coração (Les choristes)
Sinopse: Ao receber a notícia do falecimento da mãe, o reconhecido maestro Pierre Morhange (Jacques Perrin) volta para casa. Lá, ele recorda sua infância por meio da leitura das páginas de um diário mantido por seu antigo professor de música, Clément Mathieu (Gérard Jugnot). Na década de 40, o pequeno Pierre (Jean-Baptiste Maunier) é um menino rebelde, filho da mãe solteira Violette (Marie Bunel). Ele freqüenta um internato dirigido pelo inflexível Rachin (François Berléand), que enfrenta dificuldades para manter a disciplina dos alunos difíceis. Mas a chegada do professor Mathieu traz nova vida ao lugar: ele organiza um coro que promove a descoberta do talento musical de Pierre.
Ficha técnica
Ano: 2004 – Duração: 95 min.
País: França – Gênero: Romance
Direção: Christophe Barratier
Roteiro: Christophe Barratier, Philippe Lopes-Curval
Fotografia: Carlo Varini, Dominique Gentil
Trilha Sonora: Bruno Coulais, Christophe Barratier

O Milagre de Anne Sullivan (The milagre de Anna Sullivan) – direção: Arthur Penn (1962)

O Milagre de Anne Sullivan (The milagre de Anna Sullivan)
Sinopse: Patty Duke é a indomada cega, surda e muda Helen Keller, e Bancroft é Anne Sullivan, sua professora com igual força de vontade, mas misericordiosa. A menina nunca conseguiu se comunicar, o que a deixou com um temperamento difícil. O filme conta o esforço da nova professora, sua luta angustiante e persistente para que a menina aprenda a se comunicar. As emocionantes interpretações de Anne Bancroft e Paty Duke foram premiadas com Oscar.
Ficha técnica
Ano: 1962 – Duração: 107 min.
País: – Gênero: Drama
Direção: Arthur Penn
Roteiro: William Gibson
Fotografia: Ernest Caparros
Trilha Sonora: Laurence Rosenthal

Filmes de educação disponíveis na Netflix
:: 5 filmes no Netflix que retratam a importância da Educação

Bibliografia sobre Cinema e educação
* LOPES, José de Sousa Miguel. Cinema e educação: o diálogo de duas artes. in: Canal cine Sabotage. Texto completo disponível no link (acessado em 1.11.2017).
MOTTA, Leda Tenório da; FUSARO, Márcia do Carmo Felismino. Cinema e Educação: reflexões e interfaces. in: revista Comunicação & Educação, v. 19, n. 2, 2014. Disponível no link . link. (acessado em 1.11.2017).

Sugestões de documentário
:: Documentários sobre educação em breve (em construção, aguarde!)

Deixe nos comentários a sua sugestão e indicação de filme(s) que não esteja na lista. Grata!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Revista Prosa Verso e Arte
Literatura - Artes e fotografia - Educação - Cultura e sociedade - Saúde e bem-estar

COMENTÁRIOS