Earth layers artwork (Núcleo da Terra)

Ao contrário do que a maioria pensa, a ciência por si só não é capaz de resolver todos os mistérios do mundo, pois, na verdade, o que acontece são vários cientistas buscando defender novas teorias através de pesquisas. Por isso nada é indiscutível, e o que era verdade absoluta passa a ser questionado, e aí podemos ver a relação de progresso na ciência. Só que alguns assuntos nunca trouxeram um consenso aos cientistas, e várias teorias existem, mas nada pode ser garantido.

Universo

DO QUE O UNIVERSO É FEITO?
– Quanto mais descobrimos nosso Universo, mais perguntas fazemos. Atualmente, inclusive, só conhecemos uma pequena parte dele – a chamada matéria “normal”, que corresponde a 5% de sua totalidade. E o resto? Cientistas acreditam que 27% seja composto de matéria escura, uma substância que não emite e nem reflete nenhum tipo de luz. Os astrônomos só têm certeza de sua existência por causa da gravidade que exerce sobre outros corpos. Os outros 68% do nosso Universo seriam algo ainda mais misterioso: a energia escura, que estaria distribuída por todo o espaço e contribuiria para a expansão do Universo. Para ser sincero, não sabemos nem com precisão o tamanho do Universo.

Earth layers artwork (Núcleo da Terra)

DO QUE É FEITO O NÚCLEO DA TERRA?
Material de lendas e mitos, o núcleo da Terra há muito tempo fascina os escritores, assim como os cientistas. Durante algum tempo, a composição do núcleo inacessível da Terra foi um mistério resolvido… pelo menos na década de 1940.  [De que é feita a Terra?]
Com meteoritos como comparação, os cientistas aferiram o equilíbrio original do planeta de minerais essenciais, e notaram que alguns estavam faltando. O ferro e o níquel ausentes na crosta da Terra devem estar no núcleo, supõe os cientistas. Mas medições de gravidade na década de 1950 revelaram que essas estimativas estão incorretas. O núcleo era demasiado leve. Atualmente os investigadores continuam a adivinhar quais os elementos que representam o défice de densidade debaixo dos nossos pés. De igual forma, os cientistas estão também intrigados com as reversões periódicas no campo magnético da Terra, que é gerado pelo fluxo de ferro líquido do núcleo externo.

Origem da vida

COMO A VIDA SURGIU?
– Está aí um dos maiores mistérios da humanidade. Há muitas especulações e teorias, mas nada concreto. Novos achados em relação a esta questão sempre aparecem, mas a vida pode ter sido gerada em condições primordiais aqui no planeta ou até vindo diretamente do Espaço. As primeiras evidências de vida por aqui são de fósseis de 3,7 bilhões de anos – lembrando que a Terra tem por volta de 4,5 bilhões de anos. Acredita-se, contudo, que a vida pode ter surgido ainda antes, há 4,1 bilhões anos. Como ela surgiu? Isso ninguém conseguiu desvendar.  [Origem da Vida precisa de ser repensada]

Outras dimensões no espaço

EXISTEM OUTRAS DIMENSÕES NO ESPAÇO?
– Para alguns, a questão já é diferente: quantas dimensões existem por aí? Este é um dos maiores mistérios da ciência atualmente. Muitos físicos acreditam que mais dimensões seriam necessárias – além das tradicionais três que lembramos sempre que vamos ao cinema – para que a física do Universo faça sentido. A questão está ligada a quantos Universos podem existir e se alguns são os chamados “paralelos”.

Como surgiu a água no planeta terra?

PORQUE EXISTE ÁGUA?
Os cientistas pensam que a Terra era uma rocha seca depois de se unir há 4,5 bilhões de anos. Então, de onde veio este produto químico essencial, o H2O? Talvez um sistema de entrega interestelar, na forma de impactos enormes de há cerca de 4 bilhões de anos.
Atacada por asteróides de gelo, a Terra poderia ter reabastecido os seus reservatórios de água durante o período chamado de Bombardeio Pesado Tardio. Mas os primórdios da água da Terra estão envoltos em mistério, porque há pouca evidência de rochas desse período. [Asteróides potentes atingem a Terra com frequência]

O QUE CAUSOU A EXPLOSÃO CAMBRIANA?
O surgimento da vida complexa no Cambriano, após 4 bilhões de anos de história da Terra, marca uma viragem única, afirma Donna Whitney, geóloga da Universidade de Minnesota. De repente, havia animais com cérebros e vasos sanguíneos, olhos e corações, todos evoluindo mais rapidamente do que em qualquer outra era planetária conhecida hoje. Um salto nos níveis de oxigênio, pouco antes desta explosão cambriana foi oferecido como explicação, mas outros fatores podem explicar o surgimento misterioso dos animais, como a corrida armamentista entre predadores e presas. [Período Cambriano: Fatos e Informações]

Placas tectônicas

QUANDO SURGIRAM AS PLACAS TECTÔNICAS?
Placas finas de crosta endurecida formaram a superfície da Terra. No entanto, os geólogos ainda não sabem quando o motor das placas tectônicas acelerou. [O que são placas tectônicas?] A maioria das evidências foi destruída. Apenas um punhado de grãos minerais minúsculos chamados zircões sobreviveu de há 4,4 bilhões de anos, e eles dizem aos cientistas como eram as primeiras rochas continentais. Mas as evidências do inicio das placas tectónicas são controversas.

Triângulo das Bermudas.

O QUE ACONTECE NO TRIÂNGULO DAS BERMUDAS?
– Por muito tempo este foi um dos maiores mistérios da natureza. Ninguém consegue explicar exatamente o que acontece nesta área do oceano Atlântico famosa pelo alto número de queda de aviões e naufrágios. Atuação de aliens? Forças misteriosas? Aparentemente, não: a explicação mais recente aponta para uma estranha e poderosa formação de nuvens, que conseguiria enviar “bombas de ar” com ventos de 270 km/h, capazes de derrubar aviões e virar navios. Será que isso é suficiente para explicar tantos desastres?

Estamos sozinhos no universo?

ESTAMOS SOZINHO NO UNIVERSO?
– Vamos ser sinceros: apesar de não termos nenhuma prova cabal, a resposta para esta questão parece ser muito provavelmente “não”. Até hoje, contudo, não achamos nenhuma forma de vida – pelo menos nos padrões terráqueos – fora de nosso planeta e isso segue sendo uma meta perseguida por cientistas. Uma outra questão é: se há bilhões de estrelas e planetas Universo afora e muitos bem mais antigos do que a Terra, cadê todo mundo, galera?

As vacas orientam sempre os seus corpos para Norte ou Sul

POR QUE AS VACAS COMEM VIRADAS PARA O SUL OU NORTE?
– Que maldito TOC é esse de comer apenas virada para o norte ou para o sul? Seja que padrão biológico ou místico guie esse hábito destes animais, nossos cientistas ainda não foram capazes de responder. O senso de direção das vacas, analisado por cientistas alemães, é o mesmo do polo magnético da Terra. Cervos, pássaros, abelhas e peixes também usam o campo magnético da Terra para orientação, mas o motivo das vacas fazerem isso não é sabido. Teorias apontam para que seja ou para se manterem orientadas ou para o rebanho atuar junto e se proteger contra predadores enquanto se alimentam.

Sono – dormir

POR QUE DORMIMOS TANTO?
– Nós gastamos cerca de um terço das nossas vidas dormindo. Mas você já se perguntou o motivo disso? Nem os cientistas entendem exatamente, apesar desse comportamento ser visto em vários outros animais. Pesquisas já apontaram que o sono ajuda o cérebro a reforçar conexões novas a partir de experiências vividas durante o dia –nós transformamos memórias em longo prazo. E, claro, é uma oportunidade para nossa “máquina” fazer toda a manutenção necessária e não explodir.

 

O Pé-grande – iStock Getty Images

PÉ-GRANDE EXISTE?
– Um mistério bastante semelhante ao Monstro do Lago Ness: muitas pessoas dizem ter visto, mas não há nenhuma prova física de que o animal existe. O Pé-Grande seria um animal com dois metros de altura aparentado do Iéti, mas vivendo em regiões remotas dos Estados Unidos e Canadá. Expedições foram realizadas para achar provas do Pé-Grande, mas até hoje nada de concreto surgiu –para a ciência, ainda é uma lenda.

O monstro do Lago Ness

O QUE ERA A IMAGEM DO MONSTRO DO LAGO NESS?
– Por muitos anos, esse mistério que virou lenda urbana atormentou populares. O monstro do Lago Ness, que habitaria um lago na Escócia, é real? Vira e mexe vemos fotografias por aí que que supostamente mostrariam a criatura. Expedições científicas realmente foram feitas na região e não acharam nada. Se por um lado nós descobrimos apenas 15% das criaturas do nosso planeta, por outro seria muito difícil não termos descoberto nada relativo ao monstro até aqui. Uma das teorias aponta que o monstro seria um golpe publicitário de um circo há muitos anos – a foto acima, dizem, é na verdade de um brinquedo no lago.

Fonte: Uol notícias – Ciência e Saúde | Ciência Online

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Revista Prosa Verso e Arte

Literatura – Artes e fotografia – Educação – Cultura e sociedade – Saúde e bem-estar


COMENTÁRIOS